Resenhas

Baio – Man Of The World

Segundo trabalho do artista é uma festa sarcástica de descontentamento com o mundo

 1,556 total views

Ano: 2017
Selo: Glassnote
# Faixas: 11
Estilos: Indie Eletrônico, Disco
Duração: 41
Nota: 2.5
Produção: Chris Baio, John Foyle

2016 não foi um ano fácil pra ninguém, e o músico Chris Baio (também conhecido por ser o baixista de Vampire Weekend) resolveu aproveitar o rescaldo da montanha russa emocional do ano passado para compor o segundo trabalho da carreira solo. Man Of The World vem marcado por três tragédias pessoais (que não são, em absoluto, exclusivas do músico): a morte do ídolo David Bowie, o Brexit, e, por fim, a eleição de Donald Trump.

No entanto, dadas essas premissas, é possível se espantar com o clima de festa que marca o trabalho. A resposta para tal desencontro é simples: sarcasmo. O título do álbum fala de um cidadão do mundo que, aos poucos começa a deixar de sê-lo por conta da instabilidade dos estados democráticos atuais, e, ao mesmo, exibe uma arranha-céu dourado que parece nos vigiar – assim como são os famosos empreendimentos das Trump Towers. Não falta amargura em suas letras, que cantam a frustração do músico diante deste cenário, ao mesmo tempo em que este não se sente no direito de reclamar tanto assim (“I know I’m deeply privileged to be losing just my mind” diz o músico na faixa Shame in My Name).

O clima eletrônico upbeat vem na onda de seu antecessor The Names, e nos remete a um balanço entre a introversão de Hot Chip e a animação de Todd Terje. O refúgio mental em clima de “festa do fim do mundo” colocam este trabalho ao lado de Ti Amo, o recém lançado trabalho de Phoenix, também marcado pelas mesmas influências. Um pouco de Afrobeat, um pouco de Synthpop, um pouco de Disco, um descontentamento legítimo e uma amargura white people problems são os ingredientes da segunda etapa na trajetória pessoal de Baio.

(Man Of The World em uma música: PHILOSOPHY!)

 1,557 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Todd Terje, Phoenix, Hot Chip
ARTISTA: Baio

Autor:

é músico e escreve sobre arte