Beldina – Opening Act

Em ótima estreia, cantora apresenta o R&B adicionando elementos desde o revival noventista a batidas eletrônicas

1,925 total views, 1 views today

Ano: 2014
Selo: Independente
# Faixas: 14
Estilos: Electro R&B, R&B, Soul Pop
Duração: 45:31
Nota: 4.0
Produção: Ali Payami, Dauwd, ProReese

Cada vez mais, vemos que o R&B se mostra que está mais vivo do que nunca, seja sendo revisitado, revivido ou usado como elementos de adição para novos sons. O estilo vem ganhando cada vez mais nomes interessantes como intérpretes.

Apesar de seu som ser tido por alguns como “Soulelectro”, e do Rythm & Blues, que hora ataca e hora acalma, Beldina nos fisga pelos ouvidos com seu disco de estreia, intitulado Opening Act.

Fazendo jus ao título, o álbum da cantora sueca serve muito bem como um ato de apresentação de sua incrível sonoridade que se apresenta. Um primeiro destaque fica para as canções que bebem de uma versão mais noventista – vide Cloud 9 – ou Pop do R&B – soando (mesmo guardadas as devidas proporções, com ótima qualidade) algo como Beyoncé em suas canções mais requintadas, na ótima Studio. A segunda face fica por conta de uma surpreendente mistura a bases eletrônicas, que vão de batidas à la French House – como em Blow Me Away e Don’t Stop – passando pelo bom, velho e contagiante ritmo da House da década de 90 – como visto em Higher.

Se num primeiro momento, ao observarmos a capa do álbum, esperamos algo mais chocante e espalhafatoso como os novos nomes de Rap e Hip&Hop feminino, Beldina só faz o “carão” na arte gráfica, deixando para o disco algo que oscila desde o mais brando ao mais agitado, mas cheio de classe. Mesmo com 14 faixas – sendo um disco levemente extenso – Opening Act não se torna cansativo e consegue mostrar uma sonoridade que busca uma inovação, o que acontece de uma maneira convidativa desde as primeiras notas da canção inicial e que nos faz quere voltar rapidamente da pausa para ouvirmos um futuro segundo ato.

1,926 total views, 2 views today

BOM PARA QUEM OUVE: inc., Beyoncé, Frank Ocean
ARTISTA: Beldina
MARCADORES: Electro R&B, R&B, Soul Pop

Autor:

Marketeiro, baixista, e sempre ouvindo música. Precisa comer toneladas de arroz com feijão para chegar a ser um Thunderbird (mas faz o que pode).