Resenhas

Bosnian Rainbows – Bosnian Rainbows

Banda de Omar Rodriguez-Lopez derrapa e percorre um caminho errôneo em seu álbum de estreia

 3,352 total views

Ano: 2013
Selo: Sargent House/Rodriguez-Lopez Productions
# Faixas: 11
Estilos: Rock Alternativo, Rock Experimental, Indie Rock
Duração: 48:50
Nota: 2.0
Produção: Johann Scheerer
Itunes: http://clk.tradedoubler.com/click?p=214843&a=2184158&url=https%3A%2F%2Fitunes.apple.com%2Fbr%2Falbum%2Fbosnian-rainbows%2Fi

A tentativa de Omar Rodriguez-Lopez de se aventurar por sonoridades mais Pop não chegou onde poderia e rendeu um disco de estreia errôneo para seu mais novo projeto, a banda Bosnian Rainbows.

O álbum homônimo segue um percurso irregular entre músicas boas que ficam chatas com a repetição e músicas mais ou menos que nunca ficam melhores, nem com muita boa vontade do ouvinte. Não é difícil se deixar levar por Torn Maps e Turtle Neck, os dois singles que divulgaram o disco, ou pela curtinha Always on the Run, mas o prazer se limita aí.

As outras faixas parecem não conseguir atingir seus propósitos e parecem ingenuamente ambiciosas (caso de Eli, I Cry for You e Mother, Father, Set Us Free), enquanto outras não conseguem tapar os buracos sobre os quais foram colocados, conferindo um tédio inesperado (como em Worthless, Die Right In Me, Red e I Cry for You).

E mesmo aquelas mais agradáveis estão fadadas ao desânimo quando você ouve Bosnian Rainbows repeditas vezes. A impressão é de uma espécie de “experimentalismo light”, uma partida em outra direção do que Omar fez em seus muitos projetos, como At the Drive-In e The Mars Volta, ou Teri Gender Bender em seu Le Butcherettes, e a própria novidade do som já seria o suficiente – o que não funciona aqui.

Dá pra encontrar alguma genialidade, alguma sacada diferente no meio das faixas? Até dá, mas pedir esse esforço, essa dedicação, do ouvinte para admirar uma obra que supostamente deveria ser um trabalho mais Pop não me parece muito coerente.

 3,353 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.