Resenhas

Christopher Owens – A New Testament

Novo trabalho do músico é o mais doce e iluminado de sua carreira

 2,255 total views

Ano: 2014
Selo: Turnstile Music
# Faixas: 12
Estilos: Country, Pop, Gospel
Duração: 33:35
Nota: 4.0
Produção: Doug Boehm

Há uma mudança clara no novo trabalho de Christopher Owens, intitulado A New Testament, se comparado ao restante de sua carreira. Parece justo afirmar que este é, até agora, seu álbum mais iluminado (seja em sua empreitada solo, da qual este é o segundo exemplar, ou mesmo com seu antigo grupo Girls). Mais do que uma opção por rever seu modo de compor ou mesmo por repensar o arranjo de suas canções, parece que uma mudança de atitude interior é o que engatilha uma série de transformações subsequentes em seu trabalho.

Vamos aos sintomas: além da intimidade exposta desconfortavelmente na capa de Album, ou mesmo na tentativa incômoda de se esconder atrás do próprio cabelo em Lysandre, agora Owens ostenta um chápeu pink de cowboy e, embora ameace um sorriso tímido e dolorido, está amparado por seus amigos. A cura pessoal do compositor, aqui, é o mote para seu otimismo. Outro fator claro reside na instrumentação. O Indie ácido de Girls e a aura sisuda do Barroco Lysandre foram substituídos pela essência do Country Pop adocicado com pitadas de Gospel à la Tweedy. E por último, é claro, seu título que não deixa dúvidas: A New Testament.

Pode ser pretensioso afirmar que o momento pessoal de Owens interfira assim em seu trabalho – disso só ele saberá com certeza -, mas a cura do vício em heroína, e a manutenção de um relacionamento amoroso estável parecem mais do que uma mera coincidência (na verdade, o próprio já deu dicas de que é isso mesmo nessa entrevista aqui). A relação com o divino se intercala com a ingenuidade das letras e dos arranjos, trazendo um frescor revigorante, mas com um ingrediente necessário, a tristeza congênita que Owens parece ter, passando longe de uma fofura infantilóide. Pode ser um respiro que muitos estamos precisando em tempos conturbados em nosso país.

 2,256 total views

BOM PARA QUEM OUVE: TWEEDY, Diane Coffee, Kurt Vile
MARCADORES: Country, Gospel, Pop

Autor:

é músico e escreve sobre arte