Resenhas

Com Truise – In Decay

Mais um membro da safra Chillwave que se reinventa, com um trabalho todo pautado no Electro-Pop

1,713 total views, no views today

Ano: 2012
Selo: Ghostly International
# Faixas: 13
Estilos: Electro-Pop, Synthpop, Chillwave
Duração: 56:22
Nota: 3.0

Alguns poderiam colocar Com Truise como um membro da safra Chillwave, mas o que de fato esse músico estadunidense apresenta é um trabalho pautado no Electro-Pop de raiz, do final da década de 70 e início de 80, com alguns elementos mais Pop das bandas oitentistas de New Wave e Post-Punk e, daí sim, com uma suavidade aqui e acolá do Chillwave.

Neste seu disco, intitulado In Decay, vem a público faixas b-side e materiais raros do músico, os quais são de uma fase pré Galactic Melt – seu disco de estréia lançado em 2011 e que teve boas críticas. O forte do álbum é o Electropop robótico – no qual aparecem samples vocais – e clubístico, soando como um Kraftwerk amarrado no Justice. Alto uso de sintetizadores ecoantes, snares e chimbaus marcantes por todos os lados e uma atmosfera pra dançar dentro de si mesmo.

Como dito anteriormente, Com Truise também tem suas influências New Wave e Post-Punk e isso pode ser percebido claramente na introdução da terceira faixa, Dreambender, a qual possui um baixo sintetizado muito similar ao de Transmission do Joy Division. Um toque mais obscuro e pesado que lhe caiu muito bem. As variações ficam pela inserção Chillwave em Alfa Beach, devido ao som de mar presente no fundo da faixa, e Yxes, que apresenta um clima mais dançante e de pista. De resto, as faixas são bem coesas e mantém um estilo mais homogêneo pautado no eletrônico clássico.

Com Truise consegue trazer em In Decay mais músicas que irão agradar aos fãs e aos DJs de clubes eletrônicos, que poderão contar com mais músicas para os seus sets. Com um ar mais introspectivo do que o trabalho anterior, o álbum se diferencia sutilmente do mais explosivo som visto em Galatctic Melt. Porém, a qualidade de Com Truise se manteve e agradou mais uma vez.

1,714 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Toro y Moi, Kraftwerk, Justice
ARTISTA: Com Truise

Autor:

Marketeiro, baixista, e sempre ouvindo música. Precisa comer toneladas de arroz com feijão para chegar a ser um Thunderbird (mas faz o que pode).