Resenhas

Concrete Knives – Be Your Own King

Banda se apresenta um pouco perdida em diferente sons, mas mostra qualidade. Ao expor um som mais denso, se observa sua melhor qualidade musical

 1,607 total views

Ano: 2013
Selo: Bella Union
# Faixas: 10
Estilos: Indie Pop, Indie Rock
Duração: 34:11
Nota: 3.0

De Caen, uma pequena cidade ao norte da França, vem quatros rapazes e uma garota que formam o Concrete Knives. O grupo estreia com o disco Be Your Own King, trazendo seu som Pop misturado a vários outro elementos, como sintetizadores típicos de anos 80, fortes linhas de baixo e percussão. O resultado é uma musicalidade que oscila entre o Pop e o Rock entre as faixas do álbum.

Logo de início, vemos riffs encorpados em Bornholmer, a primeira faixa do disco, que mais adiante se junta a sintetizadores bem característicos do Rock dos anos 80, e um vocal que, mesmo cantado conjuntamente, se apresenta mais cru. Mais adiante, o solo com guitarras mais agudas e ríspidas encerram uma das faixas mais sólidas de todo o álbum. A seguir, vemos o lado Pop da banda com, por exemplo, Happy Mondays e Brand New Start, fazendo jus ao Indie Pop/Indie Rock francês que todos sabemos a fórmula e conhecemos bem.

A parte final do disco, composta pelas faixas Greyhound Racing, Wild Gun Man e Truth, se mostra mais imponente, com vocais fortemente entoados e com mais groove instrumental, baterias bem marcantes próxima ao Funk tradicional e linhas de baixo bem carregadas, como na última citada. Pode-se dizer que esse estilo adotado para o fim do álbum é o ponto forte do Concrete Knives e o qual deveria ser levado adiante para seus futuros trabalhos. O disco encerra com a arrastada Blessed, com bons riffs de guitarra, que, secos e com fuzz, nos remetem um pouco ao Dream Pop e nos lembra dessa mistura que a banda traz em seu som.

Um pouco perdido, mas com qualidade se bem orientados, o Concrete Knives estreia ainda sem saber muito bem para que lado caminhar. Dentre os diferentes sons encontrados em Be Your Own King, se observa que quando o quinteto assume uma frente mais encorpada e densa é aí que se tem a melhor qualidade da banda. É totalmente comum que bandas que estejam iniciando sua carreira ainda coloquem de tudo um pouco no seus primeiro, ou primeiros, trabalhos. E isso é compreensível e nem um pouco julgado. Vale agora parar e ver o que eles buscam assumir como identidade para seus futuros sons.

Concrete Knives – Be Your Own King by Vitor Ferrari on Grooveshark

 1,608 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Stealing Sheep, Phoenix, Metronomy
MARCADORES: Indie Pop, Indie Rock

Autor:

Marketeiro, baixista, e sempre ouvindo música. Precisa comer toneladas de arroz com feijão para chegar a ser um Thunderbird (mas faz o que pode).