Cosmo Pyke – Just Cosmo

Artista de apenas 18 anos crava seu lugar entre as promessas musicais da vez

5,415 total views, 1 views today

Ano: 2017
Selo: 70 Hz
# Faixas: 5
Estilos: Indie, Chillwave, Psicodélico
Duração: 26
Nota: 4.0
Produção: Fraser T Smith

Não, não é só uma alcunha artística. Cosmo Pyke é, de fato, o nome da nova promessa musical da vez. E um cara com esse nome só podia ter mesmo esse ar de super-herói da nova geração. Aos dezoito anos de idade, o jovem londrino trafega pelas carreiras de modelo, artista plástico e músico com aquela sensação de invencibilidade que apenas a passagem da adolescência para a vida adulta, na qual o mundo inteiro espera diante de nós para ser desvendado, pode proporcionar.

Just Cosmo é o seu debute musical, um álbum de apenas cinco faixas (mas que se aproxima dos trinta minutos de duração) que, dada a sua qualidade, nos faz perguntar se “talento natural” é uma coisa que existe mesmo. Filho de uma musicista Punk feminista, Pyke apropria-se de influências musicais distintas como se o fizesse sem saber. Existe o groove da geração saída do supergrupo The Internet, existe a segurança de King Krule e existe a malemolência de Mac Demarco. Mas existe algo mais, um relaxamento e uma despretensão muito próprias, quase blasé, que fazem a música de Pyke soar reconfortante.

Banhado no chorus e cantando arrastado sobre problemas com a namorada, redes sociais ou sobre a sensação de andar de bicicleta chapado, Just Cosmo tem o seu lugar garantido entre os melhores lançamentos da temporada ao lado de uma geração que parece fazer o que faz brincando, mas que sem dúvida não está pra brincadeira.

(Just Cosmo em uma música: Chronic Sunshine)

5,416 total views, 2 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Steve Lacy, HOMESHAKE, King Krule
ARTISTA: Cosmo Pyke

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.