Resenhas

Courtney Barnett – The Double EP: A Sea of Split Peas

Sem pensar muito em um conceito para o registro, cantora une dois EPs mostrando sua qualidade musical indiscutível no final de 2013

2,167 total views, no views today

Ano: 2013
Selo: House Anxiety
Estilos: Pop, Rock
Duração: 56:14
Nota: 4.0

O que aconteceu de interessante no seu dia hoje e que você acredite que possa dar uma boa história e até virar uma música? Provavelmente nada, mas a jovem australiana Courtney Barnett conseguiria encontrar algum fato, como sua briga com a máquina de refrigerante que emperrou ou seu aperto de mão esquisito com seu chefe, adicionar um pouco de fantasia e musicar uma ótima história. O cotidiano é o motor da jovem compositora que, como poucas recentemente, consegue entreter com letras espertas, intrigantes e, em diversos momentos, engraçadas, com um Folk-Rock sem enfeites.

Ao conversar sobre boa música com alguém, existem alguns estilos mais puros que provavelmente são os sinônimos máximos e unânimes do que é boa música, pois emocionam instantaneamente. Para muitos é um Rock no estilo AC/DC, para outros algo como James Brown e para alguns, um bom Folk-Rock. Courtney faz parte deste terceiro grupo, suas melodias são instantâneas, bem construídas e acompanham de maneira deliciosa suas letras.

Ao ler uma entrevista com a cantora, é possível entender direitinho seu processo de composição. Courtney cria suas letras no dia-a-dia, durante os momentos entediantes, como em seus antigos trabalhos de seus antigos trabalhos e sua música soa como um sonho e, junto de seu vocal arrastado e sotaque australiano, sentimos perfeitamente o ócio-criativo cotidiano trabalhado pela jovem. Sua melhor faixa, Avant Gardener, teve sua melodia gravada primeiro e, então, Courtney procurou encaixar a letra que melhor complementasse a música. A faixa contém seu Folk tradicional, mas conta com toques de Psicodelia. Sua letra conta a história de um dia interessantemente comum – como só ela consegue retratar – e se encaixa direitinho na música, diferente do restante de suas letras, com frases que parecem sobrar nas caixinhas criadas pela melodia.

The Double-EP: A Sea of Split Peas é apenas um apanhado de faixas compostas por Courtney, juntando um EP lançado no ano passado e outro mais recente, no qual,segundo ela, foi aprendendo sua própria maneira de compor e experimentando seu talento. Por isso, não é o momento de avaliarmos qualquer preocupação conceitual na obra – ela mesmo diz que não quer que vejamos o trabalho assim, não seria honesto, pois um álbum é algo mais bem trabalhado, onde você pensa um conceito, vai lá e faz. Que bom que ela pensa assim, só nos resta agora saber as histórias que Courtney terá para nos contar após sua primeira turnê mundial.

2,168 total views, 1 views today

MARCADORES: Pop, Rock

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.