Resenhas

Evian Christ – Waterfall

Produtor tenta abrangir muitos gêneros em seu novo EP, mas acabo criando algo confuso

 1,607 total views

Ano: 2014
Selo: Tri Angle
# Faixas: 4
Estilos: Experimental, Trap, Post-Dubstep
Nota: 3.0
Produção: Evian Christ
Livraria Cultura: https://itunes.apple.com/us/album/waterfall-ep/id785613622?uo=4

O mundo é grande e isto é muito da hora. Pela sua enorme vastidão, sempre tem escondido em um canto um talento que demora para se expor ao mundo, seja pela dificuldade de ser lançada ou pela preguiça de se produzir algo. Seja qual foi o caso, ficamos grato por Evian Christ ter chegado aos nossos ouvidos, primeiro em um compilado de faixas soltas e, agora, com seu primeiro EP Waterfall. O produtor desde cedo mostrou que sua proposta abrange uma interseccção entre terrenos experimentais, pós-dubstep e Trap e este EP mostra isso de forma direta e sem firulas. Mas será que esta tentativa de abranger vários gêneros é bem executada aqui?

A questão não é se estes gêneros casam bem, pois a mistura te chama a atenção. E muito. Waterfall é o exemplo de faixa mais instigante no EP, pois, por mais atordados que fiquemos, nossa curiosidade é atiçada a um nível inacreditável. Vinculado a isso, Evian Christ sabe trabalhar com a imprevisibilidade em seus registros. Em poucos segundos a faixa pode mudar de uma batida pesada de Trap para barulhos sem compassos ou lógica evidenciando o aspecto mais experimental do EP. Este trabalho seria uma excelente trilha para uma exposição de arte contemporânea, daquelas no melhor estilo “o que está acontecendo aqui?”. Mas a questão central do disco, e a razão pela qual ele não leva uma nota maior realmente reside nesta tentativa de tentar ser tudo.

Juntar todos estes estilos pode ser um tiro no pé por vários motivos. Você acaba desagradando os fãs de um gênero específico, fazendo com que esta desorientação que, em uma primeira instância deveria ser um argumento de seu experimentalismo, acabe contribuindo para desistência de ouvir o registo em questão. O que também ocorre é o que parece ser uma tentativa de querer agradar a todos ao invés de manter uma identidade mais condizente com os conceitos da banda. De fato, o projeto é experimental então a tentativa de construir isso com este raciocínio da fusão de gêneros é algo válido. O problema é que a quantidade de cada um deles na música precisa ser dosada (seja colocando um como dominante, ou excluindo algum para que fique mais coesa a mistura).

De qualquer forma, não é um registro para se jogar fora. Como dito antes, Evian Christ é um achado neste vasto mundo e ele tem nosso respeito por pelo menos tentar. Encare este EP como um ensaio para um possível novo disco. Vamos ver o que o futuro reserva para este nome.

 1,608 total views,  1 views today

Autor:

Designer frustrado, julgador de capas de discos e odiador daqueles que põem o feijão antes do arroz.