Resenhas

George Maple – Lover

Álbum explora a sensualidade noturna do Pop

 1,203 total views

Ano: 2017
Selo: Utopian Ideas PTY
# Faixas: 20
Estilos: Pop, Pop Eletrônico, R&B
Duração: 51
Nota: 2.5

Lover é novo trabalho da artista australiana Jess Higgs, que ataca pelo codinome de George Maple. A cantora, que já apareceu por aqui em nossa seção Ouça, é dona de um vozeirão que reúne as qualidades necessárias para fazer a artista brilhar concorrido mundo do Pop.

O álbum, como se pode perceber pelo título, usa o amor – encarado assim, de forma genérica mesmo – como subterfúgio para explorar uma sonoridade sensual, dividida entre o universo Pop de divas como Beyoncé, os ares noturnos do Trip Hop e os olhares maliciosos do R&B. A produção é esperta e utiliza vinhetas e outros artifícios para dar uma aura conceitual ao trabalho. Mesmo mudando de ritmo e intenção de faixa para faixa, as coisas funcionam e parecem se encaixar em um ritmo que não é monótono, mesmo ao longo de 20 faixas. Um destaque fica para Everybody Here Wants You, um cover de Jeff Buckley que se serve como uma luva para o universo sofrido e apaixonado da artista.

Lovers tem um pouco de Jessie Ware, tem um pouco de The xx, e um pouco da sofrência maliciosa de Rhye ou Sam Smith. A linguagem visual, feita de tons vermelhos e pretos, e videoclipes cheios de modelos no casting, se aproximam da linguagem da moda, e evocam um universo de balada, pegação, Música Eletrônica e voguing. Não é nada inovador, como já apontou Nik SIlva em seu artigo, mas sem dúvida é uma exploração competente de um tema comum para o estilo. Se essa é sua pegada, demorou pra dar o play.

(Lover em uma música: Kryptonite)

 1,204 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Sam Smith, Jessie Ware, The xx
ARTISTA: George Maple
MARCADORES: Pop, Pop Eletrônico, R&B

Autor:

é músico e escreve sobre arte