Resenhas

James Vincent McMorrow – Post Tropical

Clima ameno e doce surpreende com mudanças drásticas no estilo de compor do músico

 2,988 total views

Ano: 2014
Selo: Believe Recordings
# Faixas: 10
Estilos: Indie R&B, Singer-Songwriter, Folk Eletrônico
Duração: 40:46
Nota: 3.5
Produção: James Vincent McMorrow
Itunes: http://clk.tradedoubler.com/click?p=214843&a=2184158&url=https%3A%2F%2Fitunes.apple.com%2Fbr%2Falbum%2Fpost-tropical%2Fid718131810%3Fuo%3D4%26partnerId%3D2003

Post Tropical é o segundo trabalho do compositor irlandês James Vincent McMorrow, e chega recheado de uma música Eletrônica com espírito orgânico (ou seria o contrário?), um álbum de atmosfera tranquila provocada, talvez, pelas condições em que se deu o processo de gravação, em uma fazenda produtora de pecãs americana, próxima à fronteira com o México.

Espaços vazios preenchidos de ar – seja na voz suave de McMorrow, seja nos timbres doces e aéreos dos bandolins – dão ao álbum um clima tropical ameno (o “pós-tropical” de seu autor) preenchidos de cores pastéis, denotando o laranja, o rosa e o azul-esverdeado. Embora a intenção do álbum em soar “belo” possa parecer levemente forçada, na medida em que não poupa recursos e artíficios para deixá-lo “suave” (por exemplo, até os backing vocals perdem aqui e seu propósito inicial e não servem como sustentação da voz principal, mas assumem o protagonismo e ficam à frente das linhas de McMorrow em si), pode residir aí a nuance experimental que fez com que o músico transformasse drasticamente seu estilo de compor.

Os falsetes chegam a impressionar em sua sustentação, assim, o vocal que começa aéreo na faixa de abertura tal vai evoluindo gradativamente até atingir o belíssimo pico agudo ao final do refrão. A performance vocal não é difícil de ser comparada à de James Blake, mas à medida que este último mantém uma faceta obscura, grave e amarga, James Vicent é seu oposto doce, claro e tenor. Ainda dentro das comparações, equiparar a produção James Vincent com os trabalhos de Justin Vernon me parece inevitável. Em primeiro lugar, a atmosfera nublada dos primeiros trabalhos do mesmo ao lado de Bon Iver são muito similares, e, em segundo, partilham também a insatisfação em permanecer nos lugares-comuns de seus projetos.

O primeiro álbum de McMorrow, Early in the Morning, para se ter uma ideia, transitava dentro do estilo Folk, e foi, aliás, muito bem sucedido, ganhando uma série de prêmios e nomeações. Por isso, quando Post Tropical aparece com sua faceta de R&B eletrônico e atmosférico, surpreende positivamente. Outro fator de destaque no trabalho é o esmero com suas letras. A despeito das comparações com tantos outros artistas de quilate citadas anteriormente, a lírica de McMorrow parece a mais coesa, interessante e de uma inteligência sensível.

Se você espera um álbum tranquilo e sentimental, levemente otimista e pronto para amenizar o calor de nosso verão, Post Tropical pode ser uma pedida excelente.

 2,989 total views

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.