Resenhas

Jhene Aiko — Sail Out

Seguindo somente os padrões do R&B, a cantora não se preocupa em deixar sua marca nova obra

2,775 total views, no views today

Ano: 2013
Selo: Universal Music
# Faixas: 7
Estilos: R&B, Hip Hop
Duração: 30:26
Nota: 2.5
Itunes: http://clk.tradedoubler.com/click?p=214843&a=2184158&url=https%3A%2F%2Fitunes.apple.com%2Fbr%2Falbum%2Fsail-out%2Fid7306313

Se o R&B tem se mostrado um ambiente fértil para novos e talentos artistas surgirem, ele também se torna um estilo em que muitos novatos se aventurem em busca de um pouco de atenção. Jhene Aiko está inserida neste segundo grupo. Sail Out é uma obra extremamente acessível e Pop no sentido de ser bem democrático, porém Jhene não traz nada de novo ao gênero que já foi amplamente explorado durante os últimos anos.

Não que Aiko não tenha talento ou as habilidades vocais para fazer um bom disco, mas a moça parece se importar mais em seguir o que está em alta no estilo do que dar sua própria cara ao projeto. Vocais sensuais e letras diretas são os principais pilares de sua música e ficam evidentes em letras como “You show up right away
/ We make love then and then we fuck/ 
And then you’d give me my space” (Bed Peace) e “And I should’ve never fucked you on a boat on your birthday/ And I never would’ve came into your house in the first place/ If I would’ve known that you would hurt me like in the worst way” (Comfort Inn Ending (Freestyle)) – mostrando também as fraquezas líricas da cantora.

Com uma produção bem ajustada e muito bem executada, as faixas ganham destaque por seus méritos técnicos e também pela presença de rappers a auxiliando. Nomes como Childish Gambino e Kendric Lamar trazendo algo substancial às faixas e outros como Vince Staples e Ab-Soul somente rimando sob as batidas de Aiko.

Se o disco mostra alguns bons momentos (The Vapors e Stay Ready (What A Life)), existem outros tantos totalmente dispensáveis e infelizmente eles tomam da maior parte do álbum. Não que o disco seja ruim, mas no meio de tantos lançamentos relevantes no R&B, ouvir este se torna desnecessário.

2,776 total views, no views today

BOM PARA QUEM OUVE: Cassie, Kelela, Solange
ARTISTA: Jhene Aiko
MARCADORES: Hip Hop, R&B

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts