Resenhas

Laura Grooves – Committed Language

Ano: 2015
Selo: Deek Recordings
# Faixas: 4
Estilos: Pop Alternativo, Synthpop, Folk Experimental
Duração: 17:15
Nota: 3.0

Fica difícil não abrir um sorriso pelo menos uma vez ao ouvir Committed Language, o segundo EP da cantora britânica Laura Groves. Não que ele traga composições muito felizes e contagiantes, mas porque é um daqueles casos de artistas fazendo um trabalho no qual acreditam, independente das classificações que podem receber.

Lembra um pouco o que seus conterrâneos Alt-J, Jessie Ware, James Blake e FKA twigs tem feito, só que em uma versão mais Pop desses trabalhos, como a faixa-título mostra logo de cara. A melhor do disco, ela mistura influências Soul e Synthpop em um espírito quase Experimental, com um vocal que doma a métrica como bem entende e frases melódicas pouco óbvias.

Cada faixa tem bastante personalidade, ainda que passeiem pelos mesmos terrenos sonoros: Dream Story tem uma energia acomedida que flerta com o Dream Pop, Friday (a balada da vez) traz a melancolia da artista acompanhada por timbres de piano e a derradeira Mystique explicita o Soul nos vocais, ainda que em uma aura do Folk Experimental.

Não se intimide, contudo, por tantos termos (nem fique com preguiça de dar uma chance a este som): Committed Language é plenamente agradável e um ótimo ingresso ao universo de Laura Groves. Ouça e sorria.

 1,178 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.