Resenhas

Lê Almeida – Mantra Happening

Novo disco do músico carioca embarca em viagem pela psicodelia e Space Rock

 2,564 total views

Ano: 2016
Selo: Transfusão Noise Records
# Faixas: 5
Estilos: Rock Alternativo, Indie Rock, Space Rock, Psicodelia
Nota: 3.0
Produção: Lê Almeida e João Casaes

O processo de ouvir Mantra Happneing pode ser comparado ao de assistir a um filme-B de exploração espacial em VHS. Todo ruído, “defeito” e estática tornam-se parte dessa experiência maluca de imersão em mundo estranho e desconhecido. É verdade que Lê Almeida não muda tanto assim seu estilo, se comparado a seus antigos lançamentos, mas a ambientação aqui é totalmente diferente, algo mais viajado ou contemplativo, algo que parece derreter-se uma viagem alucinógena de ácido.

Diferente de seu mais recente disco, Paraleloplasmos (2015), no qual havia um rumo mais certeiro e conciso (no caso, o luto após o fim de um relacionamento), há uma experimentação mais livre neste álbum que parece abrir caminho em meio aos lugares já “comuns” na obra do músico (as guitarras ruidosas, melodias pegajosas e um tratamento Lo-Fi). Lê bebe desta vez de outras fontes, de estilos que passam também pelo Rock noventista, mas desta vez com foco na psicodelia ou no Space Rock.

Esse encontro resulta em músicas que ultrapassam geralmente os 10 minutos (que podem se torar cansativos para algumas pessoas). São construções em grande parte instrumentais, que adicionam certa “crocância” aos timbres psicodélicos injetados por estas novas referências. A parte lírica (desta vez mais tímida) também incorpora esse grau extra de transcendência e, de certa forma, criam o tal mantra que o título sugere. São arranjos de poucas palavras que repetidas varais vezes criam uma espécie de cântico hipnótico.

O tal aspecto de filme-B em VHS dá as caras de vez em quando, quando a mixagem propositalmente “falha”. Emulando esse erro técnico da mídia, o disco até parece de certa forma vir de outra época, de um passado distante, viajar ao presente de um passado do qual Lê e sua turma se inspiram e pegam suas principais referências sonoras. Mantra Happneing é sem dúvida um disco ímpar na carreira do músico, seja por deslocar-se em relação aos demais lançamentos do carioca ou mesmo por trazer esses novos elementos e brincar com a mixagem de forma tão interessante.

 2,565 total views

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts