Resenhas

Lindstrøm – Smalhans

Célebre produtor norueguês faz EP com melodias que fogem do óbvio em faixas dinâmicas, ainda que muito parecidas entre si

 1,908 total views

Ano: 2012
Selo: Feedelity
# Faixas: 6
Estilos: Eletrônica, Ambient, Nu Disco
Duração: 33:40
Nota: 3.5
Produção: Hans-Peter Lindstrøm

Em um EP que flui facilmente nos fones de ouvido e nas pistas, o produtor norueguês Lindstrøm mostra algumas das qualidades que o fizeram conhecido no meio da música Eletrônica ao longo da última década.

Smalhans (“pobreza”, em sua língua-natal) traz seis faixas instrumentais com melodias bem definidas em embalagens muito parecidas, todas aproveitando nuances do Nu Disco com uma pegada Pop tipicamente europeia em construções nos sintetizadores.

Ele consegue não ser monótono, mesmo com músicas tão parecidas entre si, mostrando sua cara aos poucos a cada audição. As progressões melódicas não são óbvias, o que traz uma experiência interessante ao ouvinte atento que tenta acompanhar as faixas.

Ao longo de sua duração, ele parece crescer cada vez mais, principalmente após a terceira faixa (todas com nomes impronunciáveis ao brasileiro comum, batizadas em homenagem a pratos típicos noruegueses – com o que aparentemente são sílabas separadas por hífens), e sua progressão continua até a última, que fecha de forma apoteótica o repertório.

Funciona bem nos fones de ouvido, funciona bem nas pistas de dança. Se você se identifica com a proposta de sons da música Eletrônica dos grandes nomes do gênero, como Kraftwerk, vai conseguir aproveitar bastante o novo trabalho de Lindstrøm, que sabe dosar as referências dos sons de hoje também e criar uma obra dinâmica, mesmo que com faixas longas e parecidas entre si.

 1,909 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.