Resenhas

Little Dragon – Nabuma Rubberband

Quarto trabalho da banda sueca sabe bem aonde quer chegar e entrega experiência completa ao ouvinte

1,923 total views, no views today

Ano: 2014
Selo: Loma Vista
# Faixas: 11
Estilos: Eletrônica, Indie Eletrônico, Indie R&B
Duração: 43'
Nota: 3.5

O que mais chama a atenção em Nabuma Rubberband é o quanto o disco chega completinho. Tem músicas para todos os climas – e não digo isso na referência mais óbvia de “feliz” e “triste”, mas de dançante e mais paradinha, mais e menos eletrônica, com mais senso de humor ou com uma seriedade de respeito. Fica a impressão de que Little Dragon se conhece bem e sabe chegar aonde quer.

E esse destino almejado pelos suecos parece ser uma experiência divertida e com cara de um ambiente bem contemporâneo. O repertório varia bastante entre músicas que misturam o que entendemos como o R&B de hoje em dia e mais próximo de vertentes Indie, das mais eletrônicas às mais percussivas. O resultado é tão interessante quanto essa descrição permite.

O álbum começa em uma tensão bacana com Mirror e logo toca Klapp Klapp – não por acaso, a primeira faixa que saiu de Nabuma Rubberband. Ela é divertida sem ser eufórica, gostosa de acompanhar dançando ou sentado (ou os dois, vai saber). Outra assim, mas com uma maquiagem mais efusiva, é Paris, que vem imitando parte de um programa de rádio e vai te fazer sorrir pelo menos duas vezes a cada audição (uma ao início, outra no fim).

Mais que a cara dançante, o que fica do disco é densidade sonora de composições como Pretty Girls ou Killing Me. Todas as faixas são boas (essas citadas, bem mais que as demais), porém talvez só Klapp Klapp tenha personalidade suficiente pra agradar quem não se interessa por sons assim.

De qualquer forma, quem vier com sede a este poço encontrará satisfação para uma noite inteira – ou dia, ou fim de semana, ou o que você preferir. Uma obra versátil assim não pode ser contida em um só propósito ou cenário. Experimente em diferentes condições e comprove.

1,924 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Kelela, Metronomy
ARTISTA: Little Dragon

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.