Resenhas

Macaco Bong – Verdão e Verdinho

Banda continua sua desconstrução dos arranjos da música popular com uma roupagem Rock neste EP, que serve como um aquecimento para o álbum que está por vir, com faixas muito bem trabalhadas

2,877 total views, no views today

Ano: 2011
# Faixas: 3
Estilos: Post-Rock, Rock Experimental
Duração: 16:06
Nota: 3.5
Produção: Macaco Bong, Estúdio Inca

Depois do estouro que foi Artista Igual Pedreiro, o Macaco Bong está de volta com seu mais novo EP, o Verdão e Verdinho, apenas uma prévia do que está por vir. O conceito da banda, de desconstrução dos arranjos da música popular e defrontá-los com arranjos de jazz/fusion/pop, tudo isso com cara de rock, foi muito bem mantido por enquanto.

As três músicas do EP, nos dão uma boa expectativa para o novo disco, com arranjos muito bem trabalhados e faixas instrumentais que te envolvem e mostram o grande potencial da banda. Nesta prévia, Bruno Kayapy (guitarra), aposta em guitarras mais limpas e riffs mais bem trabalhados e suingados.

A primeira faixa, Japabugre, é a mais frenética guitarristicamente falando, tem um arranjo e timbre lindos e uma pegada de jazz rítmico fenomenal. Já a segunda faixa, Morango Tango, tem um suíngue muito bom, não dá pra ficar parado. A guitarra bem limpa é acompanhada de perto pela “cozinha”, formando um belo conjunto de suíngue, sendo a faixa mais tranquila das três. A Terceira e última faixa, Quero Quero, fecha muito bem, retomando um pouco dos riffs caóticos do último disco, porém mesclando muito bem com a nova cara clean do som da banda.

Parando para refletir um pouco sobre os indícios deste EP, vê-se uma roupagem mais clean e tranquila da banda, com musicas mais “magrinhas”, porém muito bem trabalhadas.

2,878 total views, 1 views today

Autor:

Vegetariano, rabugento, ouvindo e fazendo música