Resenhas

Mão de Oito – Um Dia Que Já Vem

Disco de estreia do quinteto paulista é um registro alegre e orgânico feito para se ouvir em tardes de verão

2,460 total views, no views today

Ano: 2012
Selo: Laboratório Fantasma
# Faixas: 10
Estilos: Rock, Ska, Samba Rock
Duração: 38:25
Nota: 3.0
Produção: Daniel Ganjaman

A Mão de Oito vem chamando a atenção de muita gente grande, como Daniel Ganjaman, que produziu o primeiro EP e este novo trabalho, e Emicida, que além de lançar este álbum sob seu selo, Laboratório Fantasma, também empresta seus vocais a uma das faixas. Esse quinteto paulistano já está há pelo menos quatro anos na estrada e lançou somente agora seu primeiro disco. Um Dia Que Já Vem se constrói despretensiosamente leve com um uma instrumentação alegre e espontânea.

Um dos pontos mais interessantes deste álbum é sua abrangência quanto aos estilos. Tendo como base um Rock leve, a banda brinca bastante com o Reggae, Ska, Samba Rock e também o Rap, que aparece na faixa Beats e que tem a participação de Emicida e Kamau. A vibe amena e praiana vem principalmente da guitarras suingadas e dos metais, que aparecem em quase toda a obra.

A mão de Ganjaman já esteve presente no primeiro EP dos garotos, lançado em 2008. Agora com mais bagagem, banda e o produtor, conseguem um resultado bem melhor, apostando no que deu certo naquele primeiro trabalho e trazendo novidades, como o Rap que trouxe um novo frescor em algumas faixas do disco.

Com uma melodia alegre e cheia de trompetes, Acorda pode ser vista como uma herança de Jorge Ben Jor – a música conta com a participação de Marcela Bellas que faz um belo dueto com Daniel Cohen. Com uma ótima percussão, as guitarrinhas cheias suingue e às vezes rasgadas e uma letra espontânea, Mensagem é outro ponto alto do álbum.

Um Dia Que Já Vem é um daqueles discos pra se ouvir em uma bela caminhada à beira mar durante uma tarde ensolarada de verão ou quando se quer relaxar depois de uma semana estressante. A liberdade com que foi construído faz dele algo tão orgânico que é quase impossível não se conectar de alguma forma, ainda que seja apenas para curtir apenas o momento da audição.

2,461 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Wado, Curumin, Apanhador Só
ARTISTA: Mão de Oito

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts