Resenhas

Miike Snow – Happy To You

A predileção por disco com grandes hits já ficou evidente no debut desse trio sueco. Mais uma vez apostando nessa fórmula, eles conseguem um disco que conta com sucessos em potencial, mas ainda falta algo a mais para ser bom

 2,061 total views

Ano: 2012
Selo: Columbia
# Faixas: 12
Estilos: Electro-Pop, Eletrônica, Dance
Duração: 48:10
Nota: 2.0

Não nos resta dúvidas que esse trio tem talento: desde seu debut em 2009, o Miike Snow nos impressionou com ótimos hits como Animal, Burial e Silvia. Mas, ao mesmo tempo, a banda nos entregou um disco onde alguns abusos e falhas eram bem evidentes, ainda que esses sucessos tenham conseguido salvar o álbum e fazer dele uma das grandes sensações daquele ano.

Happy to You repete os mesmos erros do passado. É claro que houve mudanças, mas a fixação pelos hits me dá a impressão que o restante das músicas foi feito só para completar o disco, sem o mesmo cuidado ou empenho. Mas os pontos mais alto desse disco não impressionam tanto e o tom de novidade que existia deixou de existir. Logo, esse é só mais um álbum que continua o legado e os erros do trabalho de estreia.

O grande hit Paddling Out, que foi apresentando como primeiro single, é guiado por uma sessão dura de piano, uma batida contagiante e um refrão bem ao estilo do trio, enérgico e pegajoso. As marchas de Bavarian #1 (Say You Will) e The Wave também empolgam bastante, contando com o mesmo piano do primeiro single. Essas três músicas são as melhores do disco, mas mesmo assim não conseguem manter a energia, tão pouco carregar o álbum nas costas.

O resto das músicas parece ter sido feito somente como complemento, com músicas bem fracas que seguem em uma grande mesmice apresentando um pequena variação entre si. Caso de Devil’s Work e Pretender que apresentam quase a mesma batida, sendo que o que diferencia as duas (além da letra) é a levada do piano. Mas são daquelas faixas que passam despercebidas pelo disco e até mesmo a participação de Lykke Li em Black Tin Box não consegue chamar muito a atenção.

Mais uma vez apostando nos hits, o trio não consegue empolgar tanto quanto em seu primeiro álbum. Preso a velhas fórmulas, eles dessa vez não conseguiram concretizar um bom disco levado por poucas músicas boas.

 2,062 total views

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts