NxWorries – Yes Lawd!

União de personalidades complementares resulta em uma dos melhores álbuns deste ano

1,878 total views, no views today

Ano: 2016
Selo: Stones Throw
# Faixas: 19
Estilos: Hip Hop
Duração: 48:50
Nota: 4.5
Produção: Knxwledge

O projeto NxWorries, e seu primeiro álbum intitulado Yes Lawd!, é o resultado da união entre dois artistas “promissores” que, juntos, provam ter atingido o patamar de profissionais consagrados.

No ano passado, Anderson .Paak angariava um peso considerável em seu currículo ao participar em um bom número de faixas no álbum Compton de Dr. Dre. O produtor Knxwledge, por sua vez, figurava entre os convidados do icônico To Pimp a Butterfly de Kendrick Lamar. Se cada um dos artistas representava, em sua respectiva carreira solo, uma promessa até agora, ou uma “participação especial” de peso, NxWorries é a união de suas forças para instaurar de vez ambos os nomes entre os grandes artistas do Hip Hop contemporâneo.

Yes Lawd! une as personalidades distintas, embora complementares, dos músicos em um álbum aderente. Knxwledge é sóbrio, discreto e elegante, usa samples recortados de Jazz e de Funk, e os reestrutura em bases complexas de ar eletrônico. .Paak, por sua vez, é excêntrico, extrovertido e extravagante, une a potência de sua voz melodiosa de Soul man com a habilidade narrativa do Rap de forma sedutora. O resultado é um álbum sexy, recheado de texturas complexas e que demonstra a noção de estar situado dentro da contemporaneidade.

Uma ressalva para este trabalho fica por conta da falta de substância de suas letras. Se um dos artistas atua como um excelente intérprete, e o outro desenvolve bases sólidas instrumentais, a ausência de um compositor mais contundente faz-se sentir dentro de Yes Lawd!, um álbum que recorre a temas como “festa”, “fama” e outro clichês ao longo de suas 19 faixas.

A desenvoltura e a segurança de Anderson .Paak fazem lembrar André 3000. A sofisticação do trabalho de Kxnwledge remete a um nicho um pouco mais obscuro, ao dos bedroom producers como Oddisee, que se dividem entre centenas de trabalhos “inacabados”, vinhetas curtas disponíveis em seus perfis do Bandcamp ou Soundcloud. A parceria entre os dois, por sua vez, não poderia figurar em um lugar melhor como o selo Stones Throw (responsável, entre outros, pelo álbum Madvillainy, também de um duo, lançado em 2004).

Dentro das inúmeras descrições possíveis e dos muitos adjetivos condecorados, a essência de Yes Lawd! é fácil de entender: um álbum envolvente, de uma linguagem muito própria dentro do vasto mundo do Hip Hop atual, e, por isso mesmo, um forte concorrente entre os melhores deste ano.

(Yes Lawd! Em uma música: Livvin)

1,879 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Madvillain, Oddisee, J Dilla
MARCADORES: Hip Hop, Ouça

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.