Resenhas

Placebo – B3

EP, lançado enquanto o sétimo álbum do grupo não chega, demonstra que a banda britânica anda bem fora de forma

 2,995 total views

Ano: 2012
Selo: Vertigo
# Faixas: 5
Estilos: Rock Alternativo, Rock Experimental
Duração: 24:15
Nota: 2.0
Produção: David Bottrill, Adam Noble, Placebo

A vitamina B3, também conhecida como niacina, tem entre suas funções remover substâncias químicas tóxicas do corpo e auxiliar a produção de hormônios como os sexuais e os relacionados ao estresse (valeu, Wikipedia!). B3 é também o nome do novo EP da banda britânica Placebo, que vem para quebrar seu pequeno jejum de discos, já que seu último lançamento foi Battle for the Sun, de 2009.

E é interessante pensar na banda tentando se desintoxicar, após tanto cantar sobre o uso de drogas ao longo de seus quase vinte anos de carreira, embora faça sentido Brian Molko aproveitar a meia-idade iminente para se preocupar com a saúde. No fim das contas, a temática aqui parece ser outro tema tão recorrente na obra do grupo, que é a recuperação após um relacionamento ruim. Mas, ainda assim, fica a sensação de que está na hora da banda tentar mesmo recuperar seu fôlego.

É que, por mais que a música que dá título ao EP tenha ficado muito boa, as faixas de B3 pouco impressionam. I Know You Want To Stop e I Know Where You Live são legaizinhas, mas daquelas que passam batidas no meio de um bom disco. Enquanto isso, The Extra e a longuíssima Time Is Money são fraquinhas, arrastadas, com cara de tapa buraco que ganhou um destaque indevido.

Talvez teria funcionado melhor como um single destacando só a melhor música e colocando uma das outras duas melhorzinhas de lado B – talvez I Know You Want to Stop, que é mais curta. As cinco reunidas desse jeito, ao invés de ajudarem na ansiedade dos fãs para o sétimo álbum, só mostraram que o Placebo precisa, o quanto antes, de uma bela vitaminada.

 2,996 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Sonic Youth, Garbage, Muse
ARTISTA: Placebo

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.