R+R=NOW – Collagically Speaking

August Greene reúne time de peso em novo projeto de Jazz Fusion

506 total views, no views today

Ano: 2018
Selo: Capitol
# Faixas: 11
Estilos: Jazz Fusion
Duração: 73
Nota: 3.5
Produção: Robert Glasper, Terrace Martin, Christian Scott aTunde Adjuah, Derrick Hodge, Taylor McFerrin, Justin Tyson

R+R=NOW é um supergrupo que conta com músicos do quilate de Terrace Martin, Christian Scott aTunde Adjuah, Derrick Hodge, Taylor McFerrin e Justin Tyson e, finalmente, Robert Glasper, o responsável pela organização do time. Todos esses nomes já denunciam o que esperar de Collagically Speaking, o álbum de estreia do projeto: uma pepita sonora que condensa alguns dos melhores momentos do Jazz – e adjacências – feito nas últimas décadas.

Seja pelos outros projetos dos músicos citados aqui (August Greene ou The Pollyseeds por exemplo), ou mesmo por bandas que não tem necessariamente uma relação pessoal com ela (como The Midnight Hour), poderemos ver que o Jazz Fusion setentista, que mescla elementos do R&B, do Funk e do Hip Hop, está em alta. É o momento propício porque essa música que evoca luzes difusas do entardecer, melancolia e sofisticação acaba por funcionar como uma espécie de manifesto político contra o momento histriônico da sociedade contemporânea.

R+R=NOW significa, de acordo com Glasper, “refletir e responder o agora”. Ideia baseada na fala de Nina Simone sobre como o papel do artista será manifestar, através de sua arte, os tempos em que vive. Há manifestos explícitos aqui e ali nas letras das músicas, que sublinham algumas tendências inclusivas do momento, principalmente no que diz respeito ao empoderamento negro e feminino. Collagically Speaking dá a entender que reforçar tais assuntos nunca é demais, e une a esse discurso falas pessoais, com um tom de experiência de vida que garante um clima de intimidade e refresco para o ouvinte.

A categoria dos músicos reunidos aqui é indiscutível. A proficiência musical funciona como uma força subterrânea, que invoca escolas musicais de outros tempos. Há um recorte contemporâneo também, que fica a cargo dos temas das letras. Produzindo música de qualidade sem alarde e sem esforço, R+R=NOW quer refletir, de propósito, os problemas políticos de seu tempo, mas o faz, meio sem querer, através de um acesso subjetivo à criatividade dos músicos reunidos para o projeto.

(Collagically Speaking em uma música: Colors In The Dark)

507 total views, 1 views today

ARTISTA: R+R=NOW
MARCADORES: Jazz Fusion

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.