Sebadoh – Secret EP

Depois de 14 anos Lou Barlow e companhia voltam com um EP que os mostra afiados em suas fórmulas, porém que não trazem de novo ao ouvinte de longa data

1,277 total views, no views today

Ano: 2013
Selo: Domino
# Faixas: 5
Estilos: Indie Rock, Rock Alternativo, Lo-Fi
Duração: 16:42
Nota: 3.0
Itunes: http://clk.tradedoubler.com/click?p=214843&a=2184158&url=https%3A%2F%2Fitunes.apple.com%2Fbr%2Falbum%2Fsecret-ep%2Fid657581

“Make the same mistakes over again/ I can’t break the chain, go around again”. Esse verso tirado de My Drugs parece resumir grande parte do que vemos em Secret EP, primeiro material inédito do Sebadoh em mais de catorze anos. Muito longe de ser um erro de Lou Barlow e companhia, esse EP enfileira sonoridades já conhecidas pelos fãs e a não ser pelas letras, não há nada de realmente “novo” por aqui.

Certamente não é um registro ruim – e esta muito longe disso, na verdade -, porém ele serve mais como um presente de retorno do que como um algo que deixaria os ouvintes esperando por mais novidades – que segundo Barlow já estão tomando forma e devem sair em breve, agora com um disco completo. O conjunto de cinco faixas inéditas mostra a mesma qualidade em trazer guitarras barulhentas, melodias Pop e uma bateria afiada e, claro, a aparente falta de coesão entre as faixas vistas em suas outras obras.

Keep the Boy Alive e Arbitrary High reestabelecem a fórmula de sucesso do trio: guitarra carregada de efeitos e muito fuzz faz muito barulho enquanto um baixo preciso conduz parte da melodia e uma bateria sem muita frescura cria o ritmo pulsante. As frenéticas My Drugs e All Kinds vão recriar a tal fórmula, porém apostando em guitarras e baterias ainda mais cruas e potentes – e claro, acelerando a melodia.

Essas cinco faixas de certo não vão desagradar os fãs, mas certamente não vão entrar também para sua lista de canções preferidas. No geral, Secret serve para duas coisas: um pequeno aperitivo para o próximo disco da tríade e para mostrar que mesmo com o longo período sem produzir nada inédito não tirou a potencia da sua fórmula. Ainda assim, alguma novidade seria (muito) bem vinda ao novo trabalho do Sebadoh.

1,278 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Pavement, Dinosaur Jr., Cloud Nothings
ARTISTA: Sebadoh

Autor:

Desde criançaa apaixonado por música, consumidor compulsivo de hamburguer e chato