Seinabo Sey – Pretend

Álbum de estreia da cantora sueca mostra personalidade dentro do Pop

1,159 total views, no views today

Ano: 2015
Selo: Universal Music
# Faixas: 14
Estilos: Pop Eletrônico, Pop Alternativo, Pop
Duração: 49'
Nota: 3.0

Uma das maiores dificuldades no oceano de artistas, discos e clipes que são lançados diariamente é conseguir estabelecer sua personalidade para além dos artifícios que rondam a música – figurino, material de divulgação, vídeos promocionais etc. Ao ouvir Pretend, álbum de estreia da cantora sueca Seinabo Sey, fica a impressão que isso é algo que ela conseguiu domar.

À primeira vista, pode parecer para muita gente “mais uma cantora” que faz música Pop fora do mainstream ao misturar influências da música Eletrônica com R&B. É muito interessante, porém, como ela faz isso em uma ambientação na qual as músicas possuem um número menor de timbres, ou do quanto eles ocupam de volume na faixa.

Seu vocal está sempre em evidência, mesmo quando processado por algum efeito (como em Who). Ela canta como uma diva das antigas em um contexto bastante contemporâneo mesmo, seja nas baladas (Sorry, Still) ou nas mais dançantes. Dá para reparar que o domínio que tem da voz é a ficha que ela mais quer apostar – uma escolha certa, sem dúvidas.

O disco não está livre de uma certa sensação genérica e, se a produção consegue ter personalidade, faltam algumas canções que esbanjem mais identidade própria – aliás, faltam candidatos a hits, o grande filé da música Pop. Pretend, por outro lado, deve agradar em cheio os fãs do gênero que sabem o que esperar de um álbum desses e saberão também valorizar o que Seinabo Sey tem a oferecer.

1,160 total views, 1 views today

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.