Resenhas

Sharon Jones And The Dap-Kings – Give the People What They Want

Álbum de Soul abre o ano com vigor graças à seu ar de superação

 3,384 total views

Ano: 2014
Selo: Daptone Records
# Faixas: 10
Estilos: Soul, Funk, Jazz, Gospel
Duração: 33:42
Nota: 4.0
Produção: Bosco Mann

2013 parece ter sido um ano difícil para muita gente. Até mesmo para veteranos como Sharon Jones, líder da banda Soul Sharon Jones and the Dap-Kings, a maré desfavorável teve o seu peso. Após anunciar o lançamento deste álbum ainda no ano passado, Sharon foi acometida por um câncer e teve que cancelar seus planos temporariamente para cuidar da doença. Felizmente, após se recuperar do tratamento, temos agora no início de 2014 os frutos positivos de um período conturbado.

Give the People What They Want reúne o que o melhor de um clássico de Soul pode ter. A superação de dificuldades pelo sentimento do canto típicos do Gospel embalada pelas levadas cheias de groove do Funk. Jones, acompanhada pelos Dap-Kings – banda que ganhou grande visibilidade após a explosão da fama de Amy Winehouse -, e suas linhas melódicas dos instrumentos de sopro, com metais de ataque inconfundíveis, que encobrem qualquer aura melancólica vinda dos temas de suas músicas, emulam a era de ouro da Motown e seu Soul do início dos anos 70.

A energia não cai em momento nenhum ao longo das dez faixas do álbum, e o tom de auto-afirmação e integridade diante de temas como amores antigos, amigos antigos, da ganância (e da maldade dos Homens, enfim) e de sua doença recente parecem ser a força motriz de um dos álbuns que tem de tudo para figurar – embora nem tenhamos começado a esquentar os motores do ano corrente direito – como um dos grandes lançamentos de Soul deste ano, tal qual, talvez, Charles Bradley e seu Victim Of Love tenha sido no ano passado.

Seja na força de Retreat!, na melodia fascinante de Making Up And Breaking Up ou mesmo no embalo da faixa de encerramento Slow Down Love, que tem uma aura (justíssima) de missão cumprida, Give the People What They Want afirma-se como mais um grande trabalho de Sharon Jones e alivia a alma como um saldo benéfico após grandes dificuldades. O lançamento oficial fica para o dia 14 deste mês, mas o áudio via streaming já foi liberado em parceria com a NPR e você pode ouvir aqui.

 3,385 total views

Autor:

é músico e escreve sobre arte