Resenhas

Submarinos – Pela Mágica Imaginação

Esteja pronto para viajar entre canções envolventes e faixas instrumentais sinestésicas

 3,530 total views

Ano: 2013
Selo: Independente
# Faixas: 9
Estilos: MPB, Indie, Rock Experimental
Duração: 34:58
Nota: 4.0

Quando uma obra de arte possui grande apuro técnico em sua feitura, mais chances ela tem de extrapolar sua própria linguagem no contato com o público e provocar sentidos diferentes daqueles para os quais foram feitos. É uma pintura que emana o tato, ou uma fotografia que consegue passar som – só acontece quando aquilo tudo foi muito bem feito.

Pela Mágina Imaginação já instiga a mente pelo título e segue provocando ao longo de suas nove faixas. Elas evocam memórias, personagens e tramas, mas, acima de tudo, parecem construir quadros espontâneos à medida que ouvimos as gravações de sons da rua ou do metrô da São Paulo da capa misturados às melodias da banda Submarinos. Parte disso vem da cara de trilha sonora que muitas das músicas tem (culpa do timbre de guitarra à la Spaghetti Western), porém isso só acontece pelo alto nível do trabalho aqui presente.

Isso faz mais sentido quando vemos os nomes envolvidos no projeto: Júnior Boca, Fernando Catatau, João Leão, Juliana R., Marcelo Cabral e Tony Gordin – só figuras carimbadas em trabalhos classe A pelo Brasil. Submarinos foi mesmo criada para ser uma banda de qualidade muito acima da média geral.

Melhor notícia ainda é perceber que tudo foi feito com excelência, porém sem cair no pedantismo de querer ser plenamento cerebral ou acessível apenas a um grupo específico de pessoas que se agradam com trabalhos mais difíceis. Desde a abertura com a faixa-título, a obra se mostra emotiva na medida certa e plenamente satisfatória mesmo ao ouvido menos treinado.

A sequência com as faixas Dança do Sol e Trampolim deixa isso claro de uma vez só. Essa última tem uma levada Pop deliciosa mesmo no longo solo de guitarra ao final, enquanto a anterior é um grande achado entre a música feita no país nos últimos anos. Ela se parece com muita coisa que você tem ouvido, mas é melhor ainda que as outras. A guitarra envolvente, a harmonia simples dos vocais e até a curta duração (3m32s) te convidam para entrar naquela composição e só sair dela depois de muito repeat.

Quando as faixas instrumentais aparecem, por mais interessantes que elas sejam, podem incomodar quem estava muito envolvido com o formato das canções. Mesmo entre os que gostarem muito delas, provavelmente são as cantadas que entrarão para a seleção de favoritas do álbum.

No mais, cada play denota o quanto a própria imaginação do ouvinte é mesmo mágica. Como observar nuvens, cada um enxergará uma cena diferente nas faixas e na transição de uma para outra. Faça o teste e esteja pronto pra viajar.

 3,531 total views

ARTISTA: Submarinos

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.