Resenhas

The Internet – Hive Mind

Novo álbum de supergrupo é criado a partir de climas e sensações

1,409 total views, 1 views today

Ano: 2018
Selo: Columbia
# Faixas: 13
Estilos: R&B, Soul, Funk, Hip Hop
Duração: 57:49
Nota: 4.0
Produção: The Internet

É possível dizer que The Internet é um grupo que cresceu, literalmente, com o tempo. Evoluindo de projeto paralelo até atingir o recente status de supergrupo, a banda formada por músicos do quilate de Syd, Steve Lacy e Matt Martians angaria cada vez mais membros em seu corpo, a ponto de ser uma das referências de R&B mais interessantes da contemporaneidade.

E desde que assumiu a postura de imagem de banda mais, digamos assim, estável, The Internet aposta cada vez mais em uma identidade que é, na verdade, feita da conjunção de várias outras. A lógica do grupo, do trabalho coletivo, da dinâmica horizontal feita em conjunto, é a palavra de ordem por aqui. É uma linha de pensamento que desponta no próprio nome da banda, ou mesmo nos títulos dos álbuns Ego Death, de 2015, e agora, neste excelente Hive Mind.

Há, no entanto, outro ingrediente fundamental para a banda, que é a construção de uma “vibe”. Por isso, não será difícil notar que as músicas de The Internet são como jams: o que manda em cada uma delas é o clima, na qual cada músico sobrepõe a sua camada de colaboração a partir de uma célula musical.

Mais do que um senso de narratividade, ou de letras evocativas, The Internet parece querer provocar um balanço orgânico, ou seja, suscitar o movimento através da música – isso não apenas no sentido mais óbvio do termo, que é o da dança, mas também no sentido metafórico do próprio funcionamento dos fluxos e das dinâmicas dentro de um corpo físico.

Seja com a execução impecável dos instrumentos, do extremo bom gosto nos timbres escolhidos, ou até mesmo nos vocais de Syd – que dizem muito mais com texturas e melodias aveludadas do que com palavras -, a música de Hive Mind é feita para estabelecer um clima no ambiente em que é tocada. A produção do álbum se parece com um jogo de iluminação indireta dentro de um cômodo, o que também alude àquela “tensão sexual” inerente às músicas do grupo, mesmo que estas estejam marcadas pela melancolia.

O novo álbum do grupo continua dentro de sua lógica noturna, sexy, suave e de coração partido, mas sem crises existenciais. Hive Mind é mais um passo deste organismo vivo que é The Internet, sempre crescendo e evoluindo dentro de um ritmo natural, sobrepondo os próprios limites através de uma celebração musical.

(Hive Mind em uma música: Come Over)

1,410 total views, 2 views today

BOM PARA QUEM OUVE: NxWorries, Kali Uchis, Kaytranada
ARTISTA: The Internet
MARCADORES: Funk, Hip Hop, Ouça, R&B, Soul

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.