Resenhas

The Mountain Goats – Transcendental Youth

Décimo-quarto disco da banda sabe se relacionar com o ouvinte que procura na música uma boas companhias e conselhos

 1,840 total views

Ano: 2012
Selo: Merge Records
# Faixas: 12
Estilos: Indie Rock, Rock Alternativo, Pop Alternativo
Duração: 39:15
Nota: 3.5

Que atire a primeira pedra aquele que não encontra na música uma boa companhia. Você pode ter feito amizade com um certo disco em um período difícil, como um fim de relacionamento, ou aquela tal faixa te acompanhou em uma viagem – enfim, a música tem sido uma fiel companheira para a humanidade desde sempre. Todas as vezes que ouvi Transcendental Youth, o décimo-quarto lançamento da banda The Mountain Goats, essa ideia me veio à mente.

Trata-se de um álbum que vem como uma voz madura pronta para aconselhar mesmo quando você não pediu nada. “Do every stupid thing that makes you feel alive”, o verso que abre o disco, poderia soar bobinho vindo de um vocalista recém-saído da adolescência, mas parece o resultado de muitas vivências e reflexões do veterano John Darnielle, fundador e cabeça do grupo. Ele segue traçando parábolas sobre pessoas à margem da sociedade, pequenas narrativas que contém os mais diversos ensinamentos para a juventude vindos de quem já viveu um pouco mais.

Esteticamente, o Indie Rockzinho com participação de piano em algumas faixas e de um conjunto de sopros em outra (orquestrado pelo brilhante Matthew E. White) mostra-se muito convidativo para esse envolvimento. E, se não é isso o que você procura, não tem problema: Transcendental Youth está cheio de canções que soam divertidas e que vão embalar bem um momento em que você não queira prestar muita atenção nas letras.

É um trabalho que passa logo, com faixas geralmente curtas (as maiores quase não ultrapassam os 4 minutos de duração) e que, por mais parecidas entre si que sejam, compõem uma obra bem dinâmica – da tensa Night Light à animadinha Cry for Judas, passando pela melancólica Until I Am Whole. Serve para quem estava procurando um relacionamento sério com um novo disco, serve para quem só queria uma companhia rápida para passar o tempo. Em ambos os casos, contudo, The Mountain Goats marca presença e mostra seu valor.

 1,841 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.