Resenhas

Theme Park – Wax EP

Uma compilação de tudo o que esses ingleses já fizeram em pouco mais de um ano, com versões ligeiramente diferentes das que já mostraram, para apontar os caminhos que vão seguir em seu primeiro álbum

 1,708 total views

Ano: 2012
Selo: Transgressive Records
# Faixas: 5
Estilos: Indie Pop, Pop, Synthpop
Duração: 17:30
Nota: 3.5

Quem já acompanha a Theme Park sabe que nenhuma das músicas de Wax é exatamente nova, já que ele é, na verdade, uma compilação de vários singles lançados em pouco mais de um ano, mas serve também como termômetro do novo disco que deve vir ainda em 2012. As músicas que foram para esse EP ganharam versões ligeiramente diferentes dos singles e já começam a apontar o caminho que a banda deve seguir no seu álbum de estreia.

Para estes londrinos, o mais importante é fazer música Pop com qualidade e, por essa compilação, podemos ver que eles estão na direção certa. Há quem os compare com Talking Heads pelas músicas festivas, divertidas e as letras espertas, – uma comparação que pode ser um exagero, mas a inspiração em David Byrne é muito evidente.

Grande parte do som divertido vem das influências e ritmos latinos que criam um clima dançante com os sintetizadores, o que lembra bastante de The English Riviera do Metronomy. As guitarras suingadas e as batidas marcantes também ajudam a criar a vibe festeira da banda.

A música que dá nome ao disco o abre com uma linha de baixo simples, porém eficaz, e com leve presença dos sintetizadores criam uma onda para a voz do vocalista Miles Haughton surfar. A Mountain We Love tem aquela vibe caribenha e conta com vários elementos eletrônicos, enquanto Ghosts, com sua guitarra suingada, parece ter sido tirada dos anos 80. Milk, um dos primeiros singles da banda e responsável por criar a primeira hype em cima dos ingleses, ganhou aqui uma versão remix que fecha o EP.

Esse lançamento consegue mostrar o que a banda produziu em pouco mais de um ano de existência e, mesmo não tendo nenhuma grande novidade, é um ótimo disco. Se ele é só um aperitivo do primeiro álbum, já estou bem curioso para saber o que vem pela frente.

 1,709 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Metronomy, Last Dinosaurs, Brite Futures
ARTISTA: Theme Park
MARCADORES: Indie Pop, Pop, Synthpop

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts