Resenhas

Vivendo do Ócio – Selva Mundo

Quarteto revela inspiração e amadurecimento em seu primeiro álbum 100% independente

 3,622 total views

Ano: 2015
Selo: Independente
# Faixas: 12
Estilos: Indie Rock, Rock, Rock Alternativo
Duração: 39'
Nota: 3.5
Produção: Fernando Sanchez e Curumin

Com Fernando Sanchez e Curumin na produção, Selva Mundo revela o mesmo salto de maturidade que Vivendo do Ócio teve entre seu primeiro e segundo álbum, ao passo que podemos imaginar que ter seu crescimento registrado em disco seja parte integral da identidade da banda e, talvez, até mesmo a função de sua música.

Não é difícil criar a história de quatro moleques que montam uma banda para fazer um som específico (Indie Rock), provavelmente inspirado pela mesma banda que tantos de sua geração (The Strokes), e tem seu repertório moldado pelo amadurecimento natural de tantos palcos, viagens e estúdios, assim como pelo intercâmbio com tantos outros nomes contemporâneos.

Selva Mundo traz um som mais encorpado, em sintonia com as tendências roqueiras pós-AM e sem hits óbvios (uma escolha corajosa para qualquer banda deste porte) – ao contrário, músicas como A Lista vem para agradar a cheio fãs antigos e novos. A produção de Sanchez e Curumin, dois caras que entendem bem a música brasileira de hoje, rendeu momentos que sabem aproveitar o talento dos músicos e seu sotaque para mostrar sua relevância no cenário em que estão inseridos, como Beira do Mar.

As parcerias com outros nomes vão além dos produtores, tendo participações de Thadeu Meneghini (Vespas Mandarinas), Lirinha e até Pepeu Gomes, o que prova que os meninos já entenderam que são melhores ainda quando bem acompanhados.

Contudo, as letras mostram-se o ponto mais frágil de Selva Mundo, principalmente pela escolha de palavras – que não possuem tanta força quanto o grupo esperava pela maneira com que são organizadas ou pela sua repetição -, assim como as narrativas pecam às vezes pelo óbvio (como em Porrada).

Os pontos falhos não chegam a incomodar, principalmente dentro da perspectiva de amadurecimento que Vivendo do Ócio passa. Selva Mundo prova, além do crescimento, que a banda encontra-se em sua melhor forma justamente em seu primeiro álbum 100% independente, feito através de financiamento coletivo. Acompanhar sua discografia é sorrir pelo que o futuro reserva ao quarteto.

 3,623 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.