Young Fathers – Cocoa Sugar

Grupo amplia o espectro Pop de sua música experimental

1,152 total views, 1 views today

Ano: 2018
Selo: Ninja Tune
# Faixas: 12
Estilos: Experimental, Hip Hop Alternativo, Soul
Duração: 36
Nota: 4.0

Young Fathers é um trio escocês formado pelos músicos Alloysious Massaquoi, Kayus Bankole and Graham ‘G’ Hastings. Estamos na cola do grupo há algum tempo, e a banda sempre permaneceu bem cotada por aqui, angariando o lugar em diversas listas de melhores do ano.

Sua estreia, intitulada Dead, chegou em 2014 após o lançamento de algumas mixtapes, faturou um Mercury Prize e alavancou Young Fathers como uma espécie de promessa da nova geração. O hype em torno do grupo se justifica, uma vez que a mistura de gêneros musicais que o grupo propõe tem uma assinatura muito distinta, critério valioso no mar de opções musicais disponíveis na contemporaneidade.

Se os trabalhos anteriores do grupo vieram com ar de novidade e de exploração, Cocoa Sugar vem para fincar a bandeira de propriedade no território reivindicado pela banda. Inclusive, muito do que foi dito a respeito do trabalho anterior ainda se justifica por aqui. O grupo consegue, à sua maneira, articular um senso de ferocidade, um clima no qual “a percussão e os graves auxiliam na sensação de perigo constante”. O triunfo de Young Fathers está em operar no linha de intersecção entre o Soul, o Punk e a música experimental. É mais ou menos o que tem feito bandas como Algiers, Death Grips ou, vejamos, Xiu Xiu. No entanto, Young Fathers traz também um senso Pop apurado, e utiliza fórmulas cativantes como pode dentro de sua música sem perder a identidade. É por isso, talvez, que a capa do trabalho deixe escapar uma referência que faz lembrar Grace Jones.

Cocoa Sugar traz as vozes dos integrantes se intercalando em melodiosas doloridas e grandiosas do Gospel, enquanto blocos de som feitos de sintetizador geram ruídos de demolição. Ouvir o álbum é como estar diante de uma estrutura de metal enferrujada que está colapsando. A banda segue o seu caminho sem grandes reviravoltas e acerta ao entregar sua fórmula novamente: essa arquitetura musical de um ar sombrio, do qual é difícil de desviar a atenção. Como de praxe, recomendamos.

(Cocoa Sugar em uma música: Lord)

1,153 total views, 2 views today

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.