Yves Tumor – Safe In The Hands Of Love

Jovem artista enigmático coloca-se como porta voz da Música Experimental de hoje

313 total views, no views today

Ano: 2018
Selo: Warp Records
# Faixas: 10
Estilos: Eletrônico Experimental
Duração: 42
Nota: 4.5
Produção: Croatian Amor, Justin Raisen, Oxhy, Puce Mary, Yves Tumor

Yves Tumor, figura enigmática da Música Experimental, coloca-se como o porta voz de uma nova geração que responde à instabilidade do mundo através do som. De pé sobre a fratura de um mundo em mutação, sua resposta para a contemporaneidade parece ter a ver com a cataclisma de forças que regem a sociedade, fabricando, como muitos de seus pares, uma trilha sonora para cenários desolados, febris e apocalípticos.

O artista faz parte de um time de grandes nomes ‒ alguns gringos como Le1f, Arca, Mykki Blanco, ou, no Brasil, gente como Teto Preto ‒ que propõe experimentar sobrepondo às camadas eletrônicas fragmentadas de sua música alguns vocais emotivos e inflamados. Para além disso, Tumor canta com melodias vindas do Indie Alternativo americano, o que enriquece sua paleta de cores ao invés de isolá-lo em algum nicho muito específico. Essa linha de pensamento, por um lado, torna uma linguagem hermética em algo acessível, enquanto, de outro, propõe um desafio ao ouvinte atento e interessado.

Safe In The Hands of Love, seu terceiro álbum, é ansioso e diz tudo ao mesmo tempo. Une o bate estaca Industrial de Berlim com angústias de uma infância vivida no subúrbio do Tennessee. Dá breves pistas para a interpretação de sua música através das letras, nas quais temas como violência policial, crises familiares e depressão dão as caras sem, no entanto, nunca se resumir a uma única possibilidade. Sua espontaneidade nunca subestima o ouvinte nem espera desse um reação passiva.

Safe In The Hands of Love parece querer colapsar arte, religião e sociedade em uma música não-linear, que grita para nós do lado de lá de uma fronteira que ousou ultrapassar. É um trabalho difícil de definir, o que faz pensar que tal dificuldade seja justamente o seu propósito: Yves Tumor faz música ou performance? Constrói estados emocionais ou narrativas? Sua visão de mundo é introvertida ou reflete o cosmopolitismo do século 21? Todas as anteriores, provavelmente.

(Safe in The Hands of Love em uma música: Noid)

314 total views, 1 views today

BOM PARA QUEM OUVE: Arca, Mykki Blanco, Le1f
ARTISTA: Yves Tumor

Autor:

Discreto e silencioso. Falo pouco, ouço bem, porém.