Chromeo – Cine Joia, SP

Dupla mostra que sabe perfeitamente como entreter em um show energético e divertido

 2,267 total views

Fotos: Fernando Galassi/Monkeybuzz
Nota: 4.0

O frio de São Paulo já presente há algumas semanas não foi suficiente para espantar o público no primeiro dia do concorrido e gratuito Festival Converse Rubber Tracks Live Brasil, que aconteceu no Cine Jóia nessa quarta-feira (30). A casa começou a encher logo cedo e a extensa fila trazia a ansiedade para uma noite que contava com atrações como Godasadog, Schoolbell, e as consagradas duplas Classixx e Chromeo, o tão aguardado headliner da noite. Foi um dia que reuniu um público apreciador de música Eletrônica, e o festival em si, além de trazer grandes nomes estrangeiros, acabou promovendo também bandas brasileiras.

As três primeiras apresentações prepararam o terreno para o show mais esperado da noite. Classixx, inclusive, fez um set curt,o mas que foi fundamental para que as pessoas já fossem entrando na vibe do que vinha a seguir: P-Thugg (Patrick Gemayel) e Dave 1 (David Macklovitch), dupla canadense de Synthpop que forma Chromeo. No repertório, a banda apresentou canções de seu mais recente álbum, White Women, quarto da carreira, bem recebido pelo público e elogiado pela crítica. Além deste, o duo mostrou também faixas dos discos Business Casual (2010), do consagrado Fancy Footwork (2007), e de She’s in Control (2004).

Night By Night e Hot Mess foram as escolhidas para abrir o show e elevar os ânimos da plateia. Sexy Socialite, Come Alive, Fancy Footwork e Tenderoni fizeram o público sair literalmente do chão e vibrar. As pessoas estavam animadas e receptivas, além de completamente entregues ao som, o que pareceu contribuir muito para que tudo fluísse naturalmente. Todos cantavam junto com as músicas, e tanto o vocalista quanto o tecladista incentivavam as pessoas a cantarem mais e mais alto, principalmente nas partes dos refrões. Jealous (I ain’t with it), um dos maiores hits do último álbum da dupla, foi a penúltima a ser tocada e contagiou o público, que ia à loucura a cada sucesso tocado no palco. As interações com as pessoas, além da música animada, contribuíram para que a energia estivesse sempre no pico.

As pessoas dançavam e pulavam, misturando uma vibe de festa Eletrônica, com um encontro de amigos e um festival de rock, numa mistura coreográfica única e sempre empolgante. A animação e energia eram pontos fortes do evento, que explodiram depois de tanta ansiedade após a espera que parecia interminável, mas que pareceu preencher as expectativas de todos que estavam ali.

Chromeo mostrou que com certeza sabe manter o pique da plateia do começo ao fim, em um show energético e principalmente divertido. Os dois músicos mostraram que, acima de tudo, estavam gostando da experiência e, sem dúvidas, estavam se divertindo muito ali naquele espaço e tempo. Tanto na interação verbal quanto física, era perceptível a energia passada, e o público respondeu sempre à altura, provando que valeu a pena ter esperado até o último segundo pela apresentação da dupla. Alguns, mesmo com ingresso em mãos, acabaram ficando de fora, mostrando também a concorrência do Festival, que estava apenas em seu primeiro dia de uma longa lista de bandas muito esperadas, que ainda estão por vir.

 2,268 total views

ARTISTA: Chromeo
MARCADORES: Resenha, Show

Autor:

Largadora por vocação. Largou faculdades, o primeiro namorado e o interior. Hoje só quer saber de arte, cinema, música, fotografia e sair correndo pelo mundo.