Lower Dens – Pitchfork Music Festival 2012

Banda é impecável tecnicamente, mas faz um show bastante cansativo e com quase nenhuma interação com o público

1,406 total views, no views today

Fotos: Monkeybuzz
Nota: 3.0

Após uma verdadeira tempestade e um atraso de meia-hora, um bom público chegou cedo para ver os norte-americanos do Lower Dens. Seu último álbum, Nootropics, foi muito bem recebido pelo público e crítica, por isso, todos ali presentes esperavam ansiosamente para vê-los ao vivo.

Desde o início, fica claro que a cabeça do grupo é a vocalista e compositora Jana Hunter. Durante o ajuste do som, ela anda por todos os lados do palco arrumando os mínimos detalhes do áudio e dos instrumentos, dando “ordens” a seus companheiros de banda para testarem isso ou aquilo e fazendo o show atrasar ainda mais. Ela já vem de um bom currículo musical em projetos solo e com outras bandas, sendo a Lower Dens a atual escolhida e montada para botar em prática toda sua criação.

Foi nessa mesma atitude que o primeiro sinal de perfeccionismo da banda pôde ser percebido. Durante as primeiras músicas da apresentação, todos pareciam estar muito concentrados para não errarem nenhuma nota e arruinarem um show que parecia significar muito para eles.

O esforço valeu a pena, já que o Dream Pop/Post-Rock Experimental da banda soava perfeito em nossos ouvidos, com pouquíssima diferença do gravado em estúdio. Infelizmente, o show foi apenas isso, excelentes músicos tocando um som muito bonito e bem orquestrado pela líder da banda que continuou guiando seus colegas durante toda a apresentação.

A pouca interação com o público foi recorrente na maioria dos shows do início do dia, já que os setlists eram de apenas 45 minutos, nos quais os músicos preferiram aproveitar tocando e não falando. Porém, devido ao som mais viajado do Lower Dens, a pouca interação, somada a um público que foi ficando cada vez menos empolgado, os prejudicou deixando a apresentação tecnicamente impecável, mas morna. Nitidamente os presentes foram perdendo o interesse durante o set, com exceção do single Brains, recebido com animação por todos. Provavelmente, deve ter sido um show muito melhor para quem estava em casa asistindo o live streaming.

1,407 total views, 1 views today

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.