"paroxismos": gorduratrans comenta recém-lançado disco

Show de lançamento do segundo álbum em São Paulo acontecerá neste sábado, 22

"paroxismos": gorduratrans comenta recém-lançado disco
Lucas Santos

"Atualmente, existe bastante coisa boa acontecendo, em muitos lugares do Brasil, e boa parte disso passa despercebido por todo mundo". Mesmo assim, o duo carioca gorduratrans não desiste e ganha cada vez mais espaço no cenário nacional. Felipe Aguiar é responsável pela voz e guitarra distorcida, enquanto Luiz Felipe Marinho toma conta da bateria e também dos vocais arrastados e escondidos em ruídos.

paroxismos veio para o mundo com um cuidado, tempo e intenções sonoras maiores que o antecessor repertório infindável de dolorosas piadas. “Nosso primeiro disco foi mais urgente, mais intenso. Foi tudo muito mais rápido, apesar de ter sido no tempo certo que ele pedia”, explica Felipe, “já em paroxismos, dedicamos uma reflexão maior, demos tempo a nós mesmos. Quando decidimos parar tudo e focar no disco, nós não estabelecemos prazos nem metas, justamente para deixar fluir da forma mais natural possível, sem a obrigação de nada".

Com influências de Slint, passando por Sonic Youth, até nomes brasileiros como maquinas e Metá Metá, o segundo disco marcou a entrada do grupo ao selo Balaclava Records: "Quando nós fechamos a parceria com a Balaclava, também tivemos tempo para estruturar o lançamento e planejar cada passo. A ajuda deles foi essencial para que tudo desse certo e fluísse melhor". Essa nova parceria com o selo resultou em um álbum com a mesma identidade de banda de garagem, porém desvendou um lado mais denso e maduro da dupla.

Caso ainda não saiba, gorduratrans realizará um show, junto dos mineiros El Toro Fuerte, neste sábado, 22, a partir das 16h, promovido pelo Monkeybuzz na casa Breve, em São Paulo. Vale dizer também que El Toro Fuerte, que carrega consigo referências do Emo e Lo-fi, é grande conhecida da dupla: “Vai ser a primeira vez juntos em palco. Estamos muito animados! Não tem nada melhor do que fazer show entre amigos”.

Ainda sobre a apresentação na capital paulista, o guitarrista comenta que o "foco principal vai ser o disco novo, sem sombra de dúvidas. Mas, mesmo assim, iremos tocar várias do primeiro disco. Vamos carregá-lo em nosso setlist por um bom tempo". E aí, se interessou? Vamos ver as duas bandas se apresentarem juntas ao vivo? Compre seu ingresso.

Artista: gorduratrans

Marcadores: Monkeybuzz no Breve, Entrevista