Resenha

Nala Sinephro – Space 1.8

Jovem harpista da frutífera cena londrina de Jazz apresenta disco de estreia atmosférico, acolhedor e estonteante

 112 total views

Resenha

Taco de Golfe – Memorandos

Terceiro disco do (agora) duo sergipano explora a força dos loops e expande as possibilidades – e a emoção – do Math Rock

 235 total views

Resenha

Emma-Jean Thackray – Yellow

Estreia solo da produtora e multi-instrumentista britânica percorre diferentes fases do Jazz e cria jornada psicodélica arrebatadora

 412 total views

Resenha

Yasmin Williams – Urban Driftwood

Com estilo singular e ampliando a linguagem do fingerstyle no violão, americana cria atmosfera e narrativa arrebatadoras a partir de proposta minimalista

 321 total views

Resenha

Pom Poko – Cheater

Segundo álbum de banda norueguesa brinca com diferentes possibilidades do Rock em repertório imprevisível e divertido

 364 total views

Resenha

Bartees Strange – Live Forever

Em um dos grandes discos de estreia de 2020, músico americano sintetiza influências diversas com foco e originalidade

 732 total views

Entrevista

O Nó à procura do fio do tempo

Nostalgia, o caos da memória e sintetizadores oitentistas inspiram “Resquícios Cromáticos”, disco de estreia do quarteto paulistano

 620 total views

Entrevista

Viratempo e os ecos do passado

Grupo paulistano experimenta novas sonoridades ao revisitar composições de seu catálogo no EP “AUTOCURA”

 791 total views

Resenha

Whitney – Candid

Algo como um trabalho de curadoria, novo trabalho do duo mostra influências e inspirações a partir de releituras – que, às vezes, soam bem fiéis às composições originais

 5,406 total views

Entrevista

As 3 instâncias de NOG4YRA

Integrante do selo BICUDA, produtor porto-alegrense se inspira na psicanálise de Freud para criar as faixas de seu recém-lançado álbum de estreia

 956 total views

Resenha

Elliott Smith – Roman Candle

Quase um acidente de percurso, estreia solo é o primeiro convite ao porão e à mente de Elliott Smith

 756 total views

Resenha

Christian Lee Hutson – Beginners

“Célebre desconhecido”, californiano retorna com Folk intimista e, amparado por bela produção de Phoebe Bridgers, conta histórias sobre dor, arrependimento e perdão

 728 total views

Newsletter
Contato
Equipe
Trabalhe conosco
Sobre