As melhores revistas de música do mundo em suas mãos

Disponível para PCs, tablets e celulares, o Zinio é um serviço que permite comprar e assinar revistas do mundo inteiro gastando pouco

 14,181 total views

Apesar de gostar muito de tecnologia, as revistas impressas sempre foram algo que gostei. O formato de papel, semanal ou mensal, exige de seus redatores um senso crítico muito grande, já que cada página a mais de conteúdo é mais dinheiro gasto pela editora, portanto, as boas revistas são veículos que sempre selecionam o que há de melhor na área que estão cobrindo.

Por gostar muito de design, a impressão e diagramação delas também foram coisas que sempre me fizeram amar as revistas de papel. Porém, quando a coisa começou a pesar no bolso e passei a ler cada vez mais publicações internacionais, meu hobby ficou impraticável. Pagar todo mês de R$30 a R$50 em 5 ou 6 revistas dos mais diversos assuntos, estava ficando complicado. Foi aí que conheci o Zinio. Nos EUA e na Europa, o serviço é muito mais conhecido e usado do que no Brasil, principalmente pelo fato da maior parte do conteúdo estar em inglês. Porém, aos poucos eles vem conseguindo conquistar um mercado diferente no país, exatamente aquele descrito acima, de quem é fã de revistas estrangeiras.

Ao começar a usar o serviço, não há mais volta. Por mais fã das revistas impressas que seja, os pontos positivos são gritantes. Além da questão do preço, que por exemplo, a revista NME sai em média por US$3.31, com a assinatura anual podendo ser feita por cerca de US$100, a outra vantagem que deve atrair os fãs do formato é o fato de a revista chegar em suas mãos antes de chegar às bancas no próprio país de origem. Ou seja, na maioria das vezes, o leitor digital brasileiro da NME, lê sua revista antes do assinante impresso britânico. Obviamente, nem citarei por aqui o tempo que leva até uma revista importada chegar às bancas ou livrarias.

O Zinio está disponível para as mais diversas plataformas, para PCs, tablets e smatphones. Eles hoje possuem aplicativos para Android, Web OS, RIM (Blackberry), iOS, Windows e Mac. A maioria das edições são exatamente idênticas às do formato impresso, inclusive com as propagandas locais, sem um layout específico para as plataformas digitais. Para quem é fã de edições especiais, a maioria delas é também vendida separadamente no serviço.

Como aqui o nosso tema principal é a música, seguem alguns dos meus títulos preferidos que assino por lá.

Para quem quiser justificar a compra para o pai, mãe, namorados ou namoradas que não gostem de música, eles possuem um vasto catálogo de todos os tipos de assunto, como carros, moda, tecnologia, fofocas e tudo que possa imaginar, inclusive algumas revistas especializadas em diversos temas.

Eles também possuem diversos outros recursos que não uso muito, mas não deixam de ser interessantes para muita gente, como salvar um PDF de alguma página específica, enviar uma matéria para alguém ou compartilhar nas redes sociais. Uma dica boa para quem ainda não criou coragem de largar o papel é assinar a edição eletrônica e ir à banca para comprar apenas suas edições preferidas. Ainda assim, seu bolso agradece.

 14,182 total views

MARCADORES: Compras

Autor:

Nerd de música e fundador do Monkeybuzz.