The Whitest Boy Alive anuncia fim da banda

Projeto encabeçado por Erlend Øye chega ao fim depois de quase cinco anos inativo

 2,305 total views

Depois de mais de um ano sem publicar nada em suas redes sociais e de cinco sem produzir material inédito, o quarteto germano-norueguês The Whitest Boy Alive, um dos projetos paralelos de Erlend Øye (Kings of Convenience), declarou que seu fim.

Eu sua página do Facebook, o grupo disse que não estaria mais tocando junto e agradeceu os fãs que o seguiram durante todo esse tempo. Mais nenhuma explicação foi dada sobre o fim da banda.

The Whitest Boy Alive foi a banda em que Øye mostrou seu lado mais divertido e dançante e lançou os discos Dreams (2006) e Rules (2009) em pouco mais de uma década de existência. No momento, Erlend se dedica a seu trabalho solo e ainda trabalha com KOC, tendo lançado seu último disco, Declaration of Dependence, em 2009 – além de trabalhar como produtor, em discos como Hest, de Kakkmaddafakka.

 2,306 total views

Autor:

Apaixonado por música e entusiasta no mundo dos podcasts