Hora Certa Para Relembrar The Kinks

O lançamento do box “Live at the BBC” traz à tona o legado da banda britânica que invadiu a América na década de 1960

5,120 total views, no views today

Com o lançamento próximo do box The Kinks Live at the BBC, que tal relembrar um pouco de uma das grandes bandas britânicas de todos os tempos?

Começando pelo formato do lançamento, Live At The BBC , que já causa um certo furor pelo fato de sempre vir acompanhado de ótimas performances ao vivo de artistas britânicos ou não. Maior cadeia de comunicação britânica, a BBC ficou conhecida na década de 60/70 com apresentações de grandes artistas da época no programa semanal Top Of The Pops. Já passaram pelo programa nomes como The Beatles, Pink Floyd, Led Zeppelin e The Who, só para citar alguns. Os dois últimos, aliás, já tiveram Live At The BBC lançados, com apresentações explosivas, lindas e marcantes das bandas. Since I’ve Been Loving You do Led Zeppelin, em um desses álbuns, é simplesmente maravilhosa e uma das melhores versões já feitas pela banda. O box do Kinks contém performances no Top of The Pops, além da versão In Concert (formato do The Who e Led Zeppelin) e uma série de raridades. O subtítulo do lançamento já empolga, mas e o The Kinks?

Formada pelos irmãos Ray Davies e Dave Davies, os “pervertidos”, a banda fez parte daquela que ficou conhecida como a Invasão Britânica nos EUA, quando uma série de bandas da terra da rainha começaram a despontar e fazer sucesso no país norte-americano. Quem começou tudo isso? Obviamente os Beatles. Uma audição menos densa do trabalho do Kinks pode levar ao velho clichê de que “isso parece Beatles”. Tirando o fato que eles representavam a música popular na época assim como os garotos de Liverpool, os Kinks em nada lembram a banda, seja pelas letras, influência do R&B, riffs de guitarra distorcidos ou simplesmente pelo que remete o nome do grupo.

O primeiro hit de sucesso da banda lançado em 1964, Really Got Me, veio em formato de single e posteriormente lançado junto com o primeiro LP denominado Kinks o qual consistia em sua maioria de covers. Really Got Me virou Hit 1 no Reino Unido e chegou no top 10 nos EUA. Influenciado pelo Garage Rock americano, o single despontou o Kinks para o mundo, iniciando uma turnê que passaria pela Europa, EUA, Austrália e Ásia.

Really Got Me

Foi nessa última turnê que, em uma passagem pela Índia, foi feita a canção See My Friends. Primeiro exemplo notável de crossover na música, foi também uma das primeiras canções no Pop que tiveram influência direta da música Indiana, ritmo posteriormente muito abordado pelos próprios Beatles. Uma das pessoas que declarou que teve sua percepção musical afetada na época por essa música é Pete Townshend, guitarrista do The Who.

See My Friends

Em 1967, foi lançado um dos seus grandes álbuns, Something Else By The Kinks, que trouxe a balada romântica Waterloo Sunset como single e seu carro-chefe. Uma evolução musical diante do álbum anterior, Face to Face, esse disco marca o início da época de ouro do grupo, com álbuns elogiadíssimos e elevação de status musical.

Waterloo Sunset

Logo em seguida, viria The Kinks Are The Village Green Preservation Society, um estrondo sucesso de critíca, mas não comercial, muito pela falta de um single marcante. Entretanto, o disco ganharia o meio underground, elevando a banda para “cult”. Com dois álbuns lançados após Sleepwalker e Arthur, o Kinks manteve o sucesso diante da crítica mas sem conseguir alcançar as paradas de sucesso de novo. Entretanto, seria com o single Lola, integrante do álbum Lola Versus Powerman And The Moneyground Part One, que a banda voltaria a ter boas respostas também do público.

Lola

A banda teve diversos singles conhecidos que ficaram de fora de sua discografia, como Ev’rybody is Gonna Be Happy – uma música que, se você não escutou pela boca dos Kinks, certamente já ouviu algum cover. See My Friends é outra que só foi lançada em single. O grupo viria a viver uma fase sem sucessos comerciais, voltando somente no final da década de 70 a alcançar as paradas de sucesso. Incluída no Rock and Roll Hall of Fame na década de 90, a The Kinks é uma das grandes bandas britânicas de todos os tempos e uma das maiores influências para diversos artistas contemporâneos ou posteriores, como Damon Albarn do Blur já declarou.

Everybody’s Gonna Be Happy

Imaginar todos esses sucessos, em um formato já consagrado, só nos deixa com mais água na boca para o lançamento no próximo dia 13 do Live At The BBC deles. Com alguns registros inéditos, será que teremos mais alguma versão que entrará para a história, assim como aconteceu como The Who e Led Zeppelin? Tudo indica que sim – repertório não falta ao Kinks.

5,121 total views, 1 views today

ARTISTA: The Kinks
MARCADORES: Redescobertas

Autor:

Economista musical, viciado em games, filmes, astrofísica e arte em geral.