“This Is an Album by The Black Keys” – Hora de Relembrar o Icônico “Brothers”

Disco que alavancou a carreira da dupla ainda se destaca com suas faixas excelentes

 3,650 total views

Sabe aquele disco lançado há algum tempo que você carrega sempre com você em iPod, playlist e coração, mas ninguém mais parece falar sobre ele? A equipe Monkeybuzz coleciona álbuns assim e decidiu tirar cada um deles de seu baú pessoal e trazê-los à luz do dia. Toda semana, damos uma dica de obra que pode não ser nova, mas nunca ficará velha.

The Black Keys – Brothers

A oposição vai fazer intriga, mas confesso que sou desses que começaram a ouvir mais The Black Keys só quando a dupla lançou Brothers e, com esse seu sexto álbum, conseguiu grande exposição em 2010. Também, com uma seleção de músicas dessas, não tinha como a história ter sido diferente. E é sobre isso que eu quero te contar.

Quase quatro anos depois de seu lançamento, a obra ainda impressiona pela qualidade que as faixas tem, tanto sozinhas quanto agrupadas. Os dois singles retirados do álbum, Tighten Up e Howlin’ for You, dispensam apresentações, e tem presença certa ainda hoje em festas, trilhas e playlists por aí (além de dois clipes ótimos, que você pode ver abaixo), porém, por melhores que sejam, fica difícil chamá-las de “melhores do disco”.

As culpadas por isso atendem por vários nomes, como The Only One, Sinister Kid, Next Girl e She’s Long Gone. Não, espera, não tem como não citar Ten Cent Pistol. Dá tempo de incluir Unknown Brother e I’m Not the One? Enfim, Brothers pode ter tido apenas esses dois singles na divulgação (o suficiente para chegar ao terceiro lugar da Billboard), mas as músicas com potencial de serem suas favoritas são muitas. Todas, na verdade. E é isso o que o faz ser tão celebrado ainda hoje, com gás para mais muito tempo de sucesso.

É legal como o disco passeia por aquele universo rockeiro atemporal que a dupla sabe fazer tão bem. Menos energizado que seu sucessor ((El Camino, 2011), ele começa muito bem com a tensão controlada de Everlasting Light e faz bonito até o fim com a baladona à moda antiga These Days.

Por falar nisso, não tem como não relembrar a beleza da cover Never Gonna Give You Up e da melancólica Too Afraid to Love You, sofridas e dignas de mixtapes de cortar o coração. Elas dão o equilíbrio certo pra empolgação toda de Tighten Up e Howlin’ for You.

O trailer de lançamento do álbum pode revelar pouco dele, mas mostra bastante do clima que encontramos ao longo da obra,

Agora que a banda anunciou seu oitavo disco, Turn Blue, me parece o momento certo de você tirar esse CD da estante e relembrar todas essas músicas que fazem de Brothers uma obra que já virou clássica – senão para a história do Rock, certamente para seu público (mas a capa, ah, essa já é pra lá de icônica).

E se você possui conta no Rdio, fica a dica de curtir a versão Deluxe do disco, com cinco faixas ao vivo.

 3,651 total views

MARCADORES: Fora de Época

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.