Vídeos Ao Vivo: Especial Pitchfork Festival 2013

Seleção de hoje conta com os melhores shows que vimos e deixamos de ver no evento que rolou no fim de semana passado

1,766 total views, no views today

Durante essa semana, mostramos para vocês nossas impressões sobre os shows que rolaram durante nossa cobertura do Pitchfork Festival 2013. Tivemos a oportunidade de escutar bastante coisa nova e ver os shows de nossas bandas favoritas durante os dias do evento. Para vocês sentirem, e principalmente verem, do que estamos falando, o Vídeos Ao Vivo de hoje reúne as apresentações que tiveram as melhores notas segundo nossos repórteres, bem como ótimos shows que não pudermos ver

Aproveite!

Belle And Sebastian

Para aqueles que ainda não tiveram o privilégio de assisti-los ao vivo, espere toda a fofura padrão dos discos multiplicada, já que a banda é ainda mais simpática em suas apresentações, convidando o público a participar em diversos momentos e com Stuart interagindo sem parar. As músicas são tocadas de uma forma anda mais orgânica, quase acústica, aumentando ainda mais a sensação da música que aquece o coração. Nada melhor para a contrastar com a chuva que começou a cair durante o show.

Foxygen

Foxygen provou sua qualidade como banda, como projeto e como músicos. Em seu disco, a influência de um certa época é claríssima e propositalmente presente, como Sam e Jonathan fazem sempre questão de ressaltar, já que não se interessam por nomes recentes da música.

Waxahatchee

O show estava bastante vazio, um dos menores públicos que presenciamos no final de semana, mas quem estava lá realmente estava para apoiar a banda e mostrava que haviam passado boa parte dos últimos meses digerindo Cerulean Salt.

Savages

Seu disco de estreia foi tocado quase que completamente, as faixas todas ainda melhores ao vivo, com pequenos improvisos e com as inúmeras rodinhas Punk por todo Union Park. Qualquer descrição é desnecessária para comprovar que as meninas do Savages não precisam de qualquer enrolação ou estratégia, apenas sua música para se tornar um dos grandes nomes do ano, o que já conseguiu.

METZ

Infelizmente, não tivemos a oportunidade de ver o show da banda METZ, mas, pelo que pudemos perceber e ver nos vídeos, ela fez um show bem enérgico com direito a várias rodinhas de porrada.

El-P

El-P também foi outro show que não tivemos a oportunidade de ver. O show estava lotado e o conjunto conseguiu animar todos de maneira que você via, até o final da plateia, pessoas dançando.

Tree

Ainda que o show estivesse consideravelmente vazio, Tree empolgou todos os presentes com seu rap forte influenciado por personalidades do gênero dos anos 90. Uma pena que não pudemos ver esse show também.

1,767 total views, 1 views today

Autor:

Designer frustrado, julgador de capas de discos e odiador daqueles que põem o feijão antes do arroz.