Pino Palladino/Blake Mills – Notes With Attachments

Em jogo de opostos interessante, parceria entre músicos proporciona experiência jazzística virtuosa e, ao mesmo tempo, acessível

 181 total views

Resenha

Fernando Motta – Ensaio Pra Destruir

Terceiro disco do compositor mineiro traz uma experiência sensível e devastadora a respeito de um contexto novo e angustiante

 244 total views

Resenha

The Anchoress – The Art of Losing

Catherine Anne Davies percorre o experimental e o tradicional para criar meditação poderosa a respeito do luto

 305 total views

Resenha

Jane Weaver – Flock

Em seu 11º disco, artista britânica percorre diferentes períodos do Pop, adicionando seu típico experimentalismo em cada passeio

 594 total views

Resenha

Altin Gün – Yol

Terceiro disco do grupo turco-holandês viaja do Synthpop ao Rock Psicodélico e ao mesmo tempo mantém foco nas raízes da Turquia

 366 total views

Resenha

Kate Bush – Hounds Of Love

Considerado o pico criativo da discografia de Kate Bush, quinto disco une, com brilhantismo, novas possibilidades de estúdio e narrativas densas

 180 total views

Resenha

Kate Bush – The Kick Inside

Atmosfera cênica, tino Pop, flertes com Rock Progressivo – a estreia de uma jovem de 19 anos, sedenta por colocar sua voz no mundo

 159 total views

Resenha

Black Dresses – Forever In Your Heart

Dupla mistura influências Screamo com glitches da música eletrônica em experiência caótica e catártica que reflete os tempos atuais

 143 total views

Resenha

Tash Sultana – Terra Firma

Australiana se abre a novas parcerias e embarca em influências que expandem a proposta do disco de estreia

 151 total views

Resenha

SG Lewis – times

Disco de estreia do britânico é um estudo sobre a Disco Music realizado sob o viés soturno de singles e colaborações anteriores

 849 total views

Resenha

Claud – Super Monster

Disco marca uma estreia repleta de sinceridade e apelo Pop, que discute e desconstrói estereótipos da geração Z

 875 total views

Resenha

Clap Your Hands Say Yeah – New Fragility

Alec Ounsworth amplia a sonoridade Indie consolidada no meio dos anos 2000, atualizando seu discurso para uma abordagem mais política e efusiva

 247 total views

Newsletter
Contato
Equipe
Trabalhe conosco
Sobre