Black Drawing Chalks – Lollapalooza 2012

O palco Alternativo do festival foi tomado por uma grande multidão que vibrou com o Rock sujinho que a banda goiana entregou na tarde do segundo dia, fazendo o público cantar alto seus maiores sucessos

 2,872 total views

Fotos: Sergio Caddah/Fotosite
Nota: 3.5

“Não quero ver ninguém sair daqui limpinho hoje” foi o recado do guitarrista Victor Rocha lá pela metade do show de sua banda, Black Drawing Chalks. Tomando o palco Alternativo do Lollapalooza, esses goianos fizeram uma das apresentações com o Rock mais sujo – no melhor sentido – do festival.

Uma hora antes do início da apresentação, um pequeno público já se formava em frente o palco, aproveitando também a sombrinha no gramado. Quando o show começou, uma multidão surgiu do nada, principalmente nas laterais, deixando um grande espaço livre logo atrás. Mas o local continuou confortável para se curtir uma performance que mostrou o quanto a banda manda bem ao vivo. Assisti ao show de diferentes distâncias, desde bem na frente até muito atrás, e a equalização, principalmente dos agudos, prejudicou um pouco uma música ou outra, mas nada que atrapalhasse muito a experiência.

Grandes hits como My Favorite Way foram emparelhados com novidades, como a inédita Black Eyes, levando a plateia ao delírio com os braços levantados e cantando alto as composições em inglês. “A gente é tudo goiano comedor de pequi, a gente tá muito feliz de estar aqui”, Victor admitia – e a resposta positiva do público mostrava que eles não eram os únicos satisfeitos com essa escalação no line up.

 2,873 total views

Autor:

Comunicador, arteiro, crítico e cafeínado.