Resenhas

Mark Lanegan & Duke Grawood – With Animals

Parceria entre artistas sombrios evoca fantasmas da carreira passada de ambos

 1,256 total views

Ano: 2018
Selo: Heavenly Recordings
# Faixas: 12
Estilos: Rock, Rock Alternativo, Blues Rock
Duração: 38
Nota: 2.5

Desde os anos 80, Mark Lanegan vem trilhando seu caminho pela sombra. Nos últimos textos sobre ele, aliás, fizemos questão de reforçar que esse papel de personagem atormentado pelo “lado negro da Força” é o mote central de sua música. Se, no entanto, demônios e fantasmas interiores são imagens recorrentes, ou até mesmo insistentes, nesse universo que Lanegan construiu para si, em With Animals o artista desiste de enfrentá-los e resolve convidar seu lado selvagem para tomar um copo de uísque.

No balcão, sentado ao lado deles está Duke Garwood, músico que por sua vez, também possui uma afinidade com a escuridão humana – sua discografia, por exemplo, ostenta títulos como Garden of Ashes ou Heavy Love. Embora Lanegan e Garwood já tenham trabalhado juntos em várias outras ocasiões, essa é a segunda vez que ambos dividem os créditos assumidamente, com 50% de responsabilidade para cada um. Assim como foi em Black Pudding, o primeiro é o responsável pelas letras e o segundo pelas melodias mal assombradas do álbum.

Embora With Animals consiga, já de partida, criar esse climão de filme de terror, a parceria não explora suas possibilidades muito a fundo. Guitarras invertidas, delay, percussão austera, tudo patina numa espécie de limbo superficial, que não sustenta melodias repetitivas, letras que dizem pouco além do óbvio – como “When the day is gone / Not a tear to spare / Let the darkness come / When it comes I don’t care” em My Shadow Life. Se o pathos de heróis bêbados e amargos, “brutos que também amam”, como Tom Waits, Leonard Cohen ou Nick Cave soa forte por aqui, infelizmente With Animals retira sua força apenas dos momentos em que evoca outros pontos passados da carreira de Mark Lanegan e seus pares.

*(With Animals em uma música: Shadow Life)**

 1,257 total views

Autor:

é músico e escreve sobre arte