Margaret Glaspy - Born Yesterday

Margaret Glaspy - Born Yesterday
  • Ano: 2018
  • Selo: Ato Records
  • # Faixas: 3
  • Estilos: Rock Alternativo
  • Duração: 12'
BBBaa

Gosto muito de notar que a dinâmica do músico autoral, "cantautor" (uma palavra feíssima) ou singer-songwriter (termo tão feio quanto) sabe se desenvolver ao longo do tempo e, mesmo que ainda haja artistas hoje apostando no formato atemporal do "voz e violão", vemos também aqueles que apresentam o mesmo conteúdo de teor bastante pessoal - geralmente canções de amor - com cara de um trabalho de banda mesmo, ainda que seja fácil reconhecer que o vocal não é apenas sua figura central, mas o núcleo criativo de todas as composições.

É algo que logo passa pela cabeça ao ouvirmos Margaret Glaspy neste seu lançamento pequeno em duração e intenso em interpretação e musicaliade: Born Yesterday traz apenas três faixas que revelam bastante da estética enraizada no Rock Alternativo norte-americano que ela trabalha, ao mesmo tempo que deixam claro que limitar sua música às escolhas "plásticas" de seu som é ignorar boa parte do que cada canção carrega em si: Um trabalho de entrega confessional e envolvente.

Margaret interpreta suas faixas com a maestria de uma veterana - é difícil acreditar que ela possui apenas um álbum lançado -, evocando grandes cantoras de nossa época, de Fiona Apple a Aimee Mann, na maneira com que entrega seus versos acompanhados do formato guitarra, baixo e bateria.

Tudo flui na direção em que sua poesia aponta, como se cada música desabafasse seus sentimentos em busca de uma catarse sem nunca contaminar-se por algum melodrama ou artifício barato para comover. São canções de Rock fortes que emocionam por colocarem em evidência a pessoa de Margaret Glaspy exposta em cada estrofe e acorde. Com isso, Born Yesterday serve como um breve e agradável convite a buscarmos seu álbum Emotions and Math (2016) e seus EPs anteriores enquanto novas músicas não chegam.

(Born Yesterday em uma música: I Love You, Goodnight)

Bom para quem ouve: The Breeders , Aimee Mann , Laura Marling

Artista: Margaret Glaspy

Marcadores: Rock Alternativo