Resenhas

September Girls – Cursing the Sea

Ano: 2014
Selo: Fortuna Pop
# Faixas: 12
Estilos: Dream Pop, Garage Pop
Duração: 37:19
Nota: 2.5

Algumas vezes temos aquele sentimento de “eu já ouvi isso antes”. E, apesar de bom, o som das September Girls trazem essa dúvida e que logo após algumas faixas ouvidas de Cursing the Sea, disco de estreia do grupo, entendemos do que se trata.

Naturais de Dublin, Jessie, Caoimhe, Sarah, Lauren e Paula formam uma banda, como podemos perceber, inteiramente formada por garotas. Seu som é uma mistura de Dream Pop com um toque de Garege Rock carregado de Fuzz, mas com vocais – responsabilidade de todas, com exceção da baterista Sarah – doce mas com um dosagem de mistério.

Apesar de termos faixas boas, como o single Heartbeats, e Green Eyed, tudo soa como outras garotas – essas mais conhecidas de todos nós – já fazem, no caso as Vivian Girls e as Dum Dum Girls. Desse modo, assim como aquele modelo de garotos jovens meio sujinhos, de calça skiny e jaqueta de couro e vocal blasé e letras tidas como despojadas já vem se tornando um modelo batido, apesar de interessante esse som das garotas que namoram com os efeitos de Fuzz e Reverb com doses Pop e levemente psicodélicas, o fenômeno de repetição e mais do mesmo está chegando.

Não há como negar que as September Girls fizeram sim um bom trabalho nesse álbum de estreia, como já podia ser previsto em seus singles lançados previamente. Porém, tal formato, tanto em instrumental à lá as outras “Girls” citadas, e o visual à lá The Black Belles, acabam deixando a obra das garotas de setembro um pouco enfraquecida

 1,908 total views

Autor:

Marketeiro, baixista, e sempre ouvindo música. Precisa comer toneladas de arroz com feijão para chegar a ser um Thunderbird (mas faz o que pode).