Resenhas

Spiritualized – Sweet Heart Sweet Light

Álbum se difere dos outros da banda, mas não impressiona tanto quanto outros trabalhos anteriores desses ingleses

 2,817 total views

Ano: 2012
Selo: Fat Possum Records
# Faixas: 11
Estilos: Space Rock, Neo Psicodélico, Folk
Duração: 59:43
Nota: 3.5

Após quatro anos desde o ultimo lançam amento, o Spiritualized volta com um novo trabalho, o *Sweet Heart Sweet Light. Segundo Jason Pierce, a demora na composição do álbum foi devida ao fato de que o mesmo não tinha pressa algum em compor, e é assim que ele vê uma maneira de se fazer um trabalho bem feito.

Com a participação da banda islandesa de cordas Amiina, que chegou a trabalhar no ( ) e takk… do Sigur Rós, o disco possui longa duração, chegando quase a uma hora. Isso é devido aos longos minutos de suas faixas. Ao exemplo de Hey Jane (8:51), Headin’ for the Top Now (8:22) e So Long You Pretty Thing (7:49).

Hey Jane é a que abre o álbum, de maneira épica e digna de disco e de banda grande, com refrão fácil de cantar e com uma história que envolve o ouvinte e o faz entrar no clima do disco. Percebe-se, logo de início, que o disco apresenta um som diferente do Space Rock introspectivo e horas até mesmo Shoegaze e Dream Pop característico e que vem atravessando os 20 anos de carreira da banda.

A temática mais branda, influências de Folk e um “quê” de Britpop – como em Get What You Deserve – e canções mais animadas marcam boa parte do álbum. Com exceção de, por exemplo, Too Late Freedom e Mary, que apresentam o Novo Psicodélico, e Headin’ For The Top Now, que traz de volta as distorções Shoegaze – ambos estilos característicos da banda.

Chegando ao final do disco, as duas últimas canções, Life Is a Problem e So Long You Pretty Thing trazem uma temática altamente religiosa. Referências a pedidos de amparo a Jesus e Deus são escritos por Pierce nessas duas últimas faixas, que chegam a soar como hinos religiosos – principalmente a primeira, que possui um encerramento triunfal.

Sweet Heart Sweet Light é um bom disco, mas não tem como ser comparado à obra de arte que é o quarto álbum da banda, Ladies and Gentlemen We Are Floating in Space, o qual recebeu altas notas da crítica e foi, inclusive, usado como objeto de inspiração pelo próprio Pierce para compor as músicas desse Sweet Heart Sweet Light. Porém, essa nova roupagem do som dos britânicos do Spiritualized faz essa obra ser um destaque no meio da discografia da banda. Um destaque que difere, mas difere de maneira boa.

 2,818 total views

BOM PARA QUEM OUVE: Ride, Primal Scream, Pink Floyd
ARTISTA: Spiritualized

Autor:

Marketeiro, baixista, e sempre ouvindo música. Precisa comer toneladas de arroz com feijão para chegar a ser um Thunderbird (mas faz o que pode).