Resenhas

Travis Scott e JACKBOYS – JACKBOYS

LP de estreia da gravadora Cactus Jack Records deixa a desejar ao apresentar um trabalho que soa feito de última hora

188 total views, 3 views today

Ano: 2019
Selo: Cactus Jack Records/Epic Records
# Faixas: 7
Estilos: Rap, Trap, UK Drill
Duração: 21'
Produção: Wondagurl, Mike Dean, TM88 e outros

No ano passado, Travis Scott se saiu um dos melhores alunos de sua classe. Com o lançamento de ASTROWORLD (2018), o rapper de Houston chegou a um novo patamar, talvez o mais alto de sua carreira até aqui. Junto do disco, veio também o festival homônimo em sua cidade natal: um show conceitual que rendeu até documentário da Netflix. No entanto, vale lembrar das palavras de Don L: “cê fez uma grana e não trouxe ninguém? Não fala que isso é Hip Hop”. Nesse intuito, então, Scott apresentou no final de 2019 um álbum/compilação com os artistas de sua label, JACKBOYS. Mas, o resultado, contudo, soa como “feito por obrigação”. Algo como um trabalho de escola feito para alcançar a média e só: “cada um faz a sua parte e na hora a gente apresenta”.

O projeto foi anunciado como o LP de estreia da gravadora Cactus Jack Records, mas não chega nem perto do que poderia (ou deveria) ser. O número de faixas – apenas sete – não é exatamente o problema, mas um sintoma do sentimento de preguiça que permeia o trabalho que, no fim das contas, parece um anúncio de publicidade. Há pontos altos, é claro. É o caso de faixas como “Gang Gang” – carregada por Shek Wes – e o Trap de flautinha (que nunca falha) em “Out West”. Seu DJ de Trap favorito, certamente, vai acabar colocando essas duas para tocar na pista. Mesmo assim, esses rápidos momentos de glória não são o suficiente para tirar a sensação de que o álbum foi feito de última hora.

A presença de Don Toliver e as batidas de Wondagurl, com certeza, são o melhor que se pode extrair desse projeto. As participações de Rosalía e Lil Baby em “Highest In The Room” são boas e divertem, mas deixam um questionamento: por que Scott não escolheu remixar a faixa com integrantes da Cactus Jack? Enquanto Young Thug vai bem, Quavo e Offset reciclam um trabalho do ano passado: participam da faixa “Had Enough” que leva o mesmo sample de “SUMMER” de EVERYTHING IS LOVE (2018) de Beyoncé e Jay-Z para o qual o grupo Migos escreveu algumas letras e cedendo beats originalmente produzidos para eles mesmos, como é o caso de “APES**IT”.

Por fim, se os rappers da Cactus Jack Records já tivessem lançado um trabalho sólido enquanto grupo, JACKBOYS poderia ser um EP divertido, com uma coleção de novos singles e remixes. Para uma apresentação oficial deles enquanto grupo, o trabalho fica aquém do esperado. Por hora, vale mais a pena ouvir as participações que os artistas aqui envolvidos fazem uns nos discos dos outros.

(JACKBOYS em uma música: “Gang Gang”)

189 total views, 4 views today

ARTISTA: Travis Scott