Son Lux - Remedy

Son Lux - Remedy
  • Ano: 2017
  • Selo: Ryan Lott Music/This is Meru
  • # Faixas: 4
  • Estilos: Avant Pop, Indie
  • Duração: 18'
BBBBa

Há de se questionar o propósito do lançamento de um EP, ao invés do tradicional álbum completo com o dobro ou triplo de faixas. Será que o artista não tinha mais músicas boas o suficiente, ou o orçamento não permitia uma produção maior?

No caso de Remedy, a resposta veio junto ao seu anúncio: Son Lux afirma que o disco de curta duração veio como resposta ao momento que os Estados Unidos vivem desde a eleição que colocou Donald Trump na presidência. Dessa forma, a obra vem em um tamanho que expressa a urgência do comentário crônico no "custo/benefício" de uma mensagem expressa claramente em apenas quatro faixas.

É interessante notar como as melhores características do projeto se repetem em função do seu discurso, como se fosse irrelevante buscar alguma originalidade dentro de sua estética. Quando ouvimos as batidas graves e timbres tensos do single Dangerous, ou a voz fraquejante de Ryan Lott ganhando sua versão autotune em Stolen, percebemos que aquilo que Son Lux tem feito há tantos anos (antes como um projeto solo de Lott, agora como banda) é a tradução musical ideal para os tempos sombrios, incertos e ansiosos presenciados para além de seu país de origem.

Todas as quatro músicas são primorosas dentro dessa estética, que trabalha dissonâncias na liberdade Indie dentro de uma estrutura de canção Pop (e parte da tensão vem justamente dessa dinâmica). E se o coral de 300 vozes na faixa-título fecha o disco melancolicamente esperançoso, o maior destaque fica para Part of This, que causa deslumbre e desconforto sem mal passar dos três minutos de duração.

Mesmo com um propósito tão bem definido para sua produção e lançamento, Remedy é o tipo de EP que leva ao questionamento de sua curta duração porque, com tamanha qualidade, chega a ser lamentável Son Lux nos privar de mais de sua música. Ouça com seus melhores fones, acompanhado de todos os frios na barriga.

(Remedy em uma faixa: Dangerous)

Bom para quem ouve: Woodkid , Alt-J , Sufjan Stevens

Artista: Son Lux

Marcadores: Avant Pop, Indie