Preoccupations - New Material

Preoccupations - New Material
  • Ano: 2018
  • Selo: Jagjaguwar
  • Produção: Matthew Flegel
  • # Faixas: 8
  • Estilos: Pós-Punk, Post Punk
  • Duração: 36
BBBaa

Preoccupations é um quarteto canadense de Pós-Punk que, após alguma polêmica envolvendo o nome problemático Viet Cong, resolveu retrabalhar a própria imagem com uma alcunha mais evocativa. A resenha do primeiro álbum da banda, auto-intitulado, nos diz que sua música é “noturna, urbana, sombria e opressora”. A sequência de nomes - da banda, das músicas -, antecipa para o ouvinte desavisado o climão que pode ser encontrado no trabalho: “Os sujeitos, Daniel Christiansen, Matthew Fiegel, Michael Wallace e Scott Munro, também decidiram batizar as nove canções do álbum com palavras únicas, compondo um painel que pretende ser minimalista e misterioso ao mesmo tempo, afirmando, de alguma forma natural, a sonoridade perturbadora da banda.”

O segundo álbum do grupo, New Material, continua alinhado com tal proposta. Com apenas oito faixas, o trabalho habita um território limítrofe entre um EP e um LP completo, mas, uma vez que exibe músicas carregadas, que suscitam aquela testa franzida e aquele mau estar que brotam com o excesso de preocupação, dá a entender que se trata de um álbum cheio, e que diz o suficiente.

Embora Fiegel, o vocalista/baixista da banda, tenha dito que este álbum é uma espécie de “ode à depressão e a auto sabotagem, um olhar de ódio extremo para interior de si mesmo”, tamanha raiva parece, afinal, pouco articulada por aqui, ficando mais dependente das impressões subjetivas associadas à vibe de cada faixa. Tem a ver com o clima seco e com os timbres metálicos, de bateria, baixo, sintetizador e guitarra trabalhando com uma massa amorfa de maquinário enferrujado, como um filme distópico em preto e branco.

É a impressão que suscitam também as formas geométricas da capa, que parecem acenar com distâncias para aquele climão da arte moderna do início do século passado. É como se tivéssemos chegado a um futuro que não certo vislumbrado por nossos antecessores, algo conectado com a impressão que Gang of Four expõe em seu mais recente trabalho What Happens Next.

E já que estamos no campo das comparações, vale a pena pensar em outros representantes do Post-Punk para se ter uma ideia do que se passa por aqui, seja Wire ou, é claro, a clássica Joy Division. Ou seja, apesar de sua propaganda taciturna, o trabalho contém momentos bastante envolventes que pretendem conquistar o ouvinte apreciador do estilo. Seja pelas linhas melódicas de sintetizador, seja pelos momentos mais abstratos, de ruídos e paisagens sonoras que pretendem traduzir a preocupação do grupo em uma estética musical, New Material marca pontos para o Pós-Punk de 2018.

(New Material em uma música: Disarray)

Bom para quem ouve: Wire , Gang Of Four , Joy Division

Artista: Preoccupations

Marcadores: Post Punk, Pós-Punk